Um Conto de Fadas Real

Em 01.06.2012  

black-and-white-boy-couple-cute-girl-Favim.com-121164
Hoje eu quero contar uma historia minha,mais uma mas,essa é como um verdadeiro conto de fadas trazido para a realidade.
Bom,vamos começar como nos contos de fadas:
Era uma vez uma menina que se sentia muito sozinha,ela não tinha amigo algum e estudava em uma escola onde na hora do recreio se escondia dentro da sala de aula por puro medo,pois os meninos sempre a perseguiam e importunavam e as vezes até batiam.
Quando estava na segunda serie um dia na arquibancada da quadra de futebol um menino chega por traz e pergunta a ela:
-Você se lembra de mim?
Então ela se vira e quando olha nos olhos desse rapaz sente como se já o conhecesse mas sabe que nunca o viu antes mas respondeu então:
-Sim,me lembro
Ele desconfiado pois sabia que ela não o conhecia perguntou então:
-Qual o meu nome então?
A menina então pensou um pouco com qual nome ele combinava e respondeu:
-Fernando
E ele fez que sim com a cabeça e se foi.
A menina sentia que aquilo não passara de uma brincadeira mas sem qualquer maldade como os outros meninos e não conseguia esquecer o rapaz que perguntara a ela se se lembrava dele,ficava lembrando a cor dos olhos,o sorriso que fazia covinhas e em pouco tempo percebeu que estava apaixonada mas,sabia que era uma criança e pensou com ela mesma:
“Magina, eu sou só uma criança e criança não se apaixona assim,isso vai passar”
Mas não passou,pelo contrario, a paixão apenas aumentou,ficou maior e mais forte se tornando amor;
Naquele momento a menina não sabia bem o que era amor pois nunca tinha sentido tal sentimento e seus pais lhe disseram que criança não se apaixona,não ama então ficou confusa.
Porem uma felicidade crescia dentro de si, o fato de vero o menino todo dia era motivo para se levantar com um enorme sorriso no rosto e uma ansiedade de quem não pode esperar.
Eles mal se falavam na verdade, o menino as vezes chamava a menina para perguntar algo como as horas mas a menina ficava com tanto medo e vergonha que mal lhe respondia e saia correndo,ele porem parecia gostar da brincadeira,chamava a menina varias vezes como se esperasse por algo,como se quisesse que a menina lhe dissesse algo mas a menina tinha medo, não conseguia falar o que sentia para ele nem tão pouco se aproximar e ficou ainda mais com medo por que os anos foram passando e ela sentiu que poderia perde-lo e nunca mais o ver.
Mas mesmo assim sentia alegria em apenas poder velo todos os dias, se ele estava feliz ela também estava, se um dia ele estava mais serio parecendo preocupado ou triste com algo ela também ficava;
As vezes fugia da aula apenas para poder velo e cada dia mais sentia necessidade de poder ao menos estar perto dele tanto que perdeu o medo de sair da sala de aula na hora do recreio e ate viu que não tinha nada demais e nimguém veio atrás dela,ela até fez amizade com as mulheres da cantina e o mais engraçado é que varias vezes o rapaz e a menina davam de cara um com o outro quando menos esperavam.
Quase sempre estavam perto um do outro sem perceber mas,sem dizer nada.
A menina decorava o rosto do rapaz, ficava lembrando de cada detalhe,do seu sorriso largo fazendo covinhas,seus olhos castanhos que brilhavam tanto misteriosos e hipnotizantes.
Suas brincadeiras,seu geito de andar e se vestir,tudo,tudo ela amava nele até mesmo seus defeitos e esse amor só foi crescendo durante três ou quatro anos que estiveram na mesma escola sem quase se falar.
Um dia juntaram as salas de ambos,o rapaz parecia atrair as pessoas pois sempre tinha muitas perto dele e quando juntaram as salas muitos ficaram ao seu redor querendo falar com ele quando de-repente ele se vira para a menina e lhe pergunta algo;
A menina na verdade nem ouvira o que ele lhe perguntou e se limitou então a responder que não,assustada e confusa,paralisada pela surpresa.
Ele não esquecia da menina mesmo mal a conhecendo sempre a chamava,perguntava algo e a menina as vezes tinha a impressão de que ele talvez soubesse que ela o amava mas logo afastava esse pensamento de sua cabeça.
Porem a menina foi ficando com medo,sabia que tinha que falar com o rapaz mas não sabia como e não conseguia encontrar coragem para isso e ela sentia dentro dela que se nada fizesse ele logo iria embora por um motivo ou por outro;
E um dia então ela foi a escola esperando encontrar o rapaz e não o viu,pensou que talvez ele tivesse apenas faltado a aula e não se preocupou mas, quando os dias foram passando e ela não o viu tomou coragem e perguntou ao amigo dele o que tinha acontecido com o rapaz e o amigo lhe disse que ele fora embora para sempre.
Aquilo foi um choque na hora, sentiu uma imensa falta de ar,tudo ao seu redor rodava,mal podia acreditar no que tinha acabado de ouvir e quando chegou ao seu prédio começou a chover,ela se escondeu num dos prédios e começou a chorar compulsivamente,sentiu uma dor aguda e forte demais,parecia que ia morrer ou que estava morrendo ali mesmo,ela sentiu como se tivessem tirado uma parte dela,como se alguem esmagasse seu coração,a dor era insuportável,ela mal agüentava tanta dor, aquilo a sufocava e ela quis morrer ali mesmo,ela desejou apenas que Deus a levasse de tão forte a dor era.
Nos dias que se seguiram ela chorava compulsivamente todos os dias em seu quarto sem nimguém que a amparasse,ela sentiu como se de-repente tudo ficasse escuro e sem vida,não encontrava mais motivo algum para viver;
Algo dentro dela se quebrou,se perdeu definitivamente, a dor que sentiu foi grande demais, era grande e ela não suportava,rezava todas as noites para trazer o rapaz de volta ou leva-la embora,tirar sua vida mas nada acontecia.
Os anos foram passando e sua dor parecia diminuir, um dia entrou na igreja e encontrou uma mulher que quis lhe ajudar,ela era psicologa e ofereceu terapia gratuita e isso ajudou a menina de certo modo por um tempo e então com o passar dos anos a vida foi retornando a menina que cresceu e se tornou mulher.
Mas a menina agora mulher ainda era triste,tinha algumas alegrias mas ainda sentia alguma tristeza dentro de si,não entendia o que aconteceu no passado nem o por que até que leu um livro falando de almas gêmeas,no inicio achou bobagem mas sentiu algo e então leu outro livro falando sobre o mesmo tema só que diferente.
No livro falava que na verdade nós temos mais de uma alma gêmea,temos no total três;
A primeira é aquela que nos da uma felicidade plena para em seguida causar a maior dor do mundo e poderia levar anos se não seria quase impossível superar esse encontro;
Na hora isso soou bem familiar e senti,realmente senti e percebi que aquilo aconteceu comigo,coinscidencia ou não aconteceu.
A menina leu também que quem ama não sofre,quem ama de verdade não sofre por que se não, não seria amor verdadeiro e percebeu que estava sendo egoísta querendo o amor do rapaz só pra ela e parou de sofrer por ele não estar com ela e com o tempo se sentiu mesmo abençoada,como se tivesse recebido uma graça maravilhosa,a graça de conhecer o amor verdadeiro,a chance de encontrar alguem que era único e especial e que
lhe mostrou o que era amar de verdade e então passou a agradecer todo dia por ter tido a chance de conhecer esse rapaz e a cada vez que lembrava dele seu coração se aquecia por dentro lembrando de seu sorriso e se sentia feliz.
A menina hoje mulher ainda o ama e sabe que amar de verdade só amara ele mas que mesmo assim pode se apaixonar como já se apaixonou mas ela sente que um dia encontrará o rapaz novamente,ela sente que o verá de novo e nesse dia ela terá de falar tudo o que sente para só então,só então nesse dia poderem talvez ficar juntos de verdade.
Este conto de fadas não tem um fim,ele é só o inicio de algo maravilhoso e único e mesmo quando o encontrar eu sei, o conto de fadas não vai acabar ai.
E você, já viveu uma historia parecida? O que achou desta historia?

Relacionado...

  • To be design

    Em 01.06.2012

    Isso seria veritimo? Porque parece um verdadeiro conto de fadas rsrs

    Responder

  • Fernanda Maria

    Em 01.06.2012

    E não é? rss bem que me sinto assim, algumas pessoas ainda disseram que eu devo ter sonhado.

    Fernanda Maria http://www.conversaintima.com

    Responder

  • Estudo Azul

    Em 01.06.2012

    gostei do blog

    Responder

  • Filipe

    Em 01.06.2012

    nossa, que simpatico seu blog, bastante agradavel, adorei ! =D

    http://kelecatura.blogspot.com.br/

    Responder

  • Estudo Azul

    Em 01.06.2012

    você escreve muito bem, é um blog bem teen tbm

    Responder

  • Fernanda Maria

    Em 01.06.2012

    Obrigada, fico feliz que tenha gostado, volte sempre quiser

    Fernanda Maria http://www.conversaintima.com

    Responder

  • Fernanda Maria

    Em 01.06.2012

    Obrigada pelos elogios e pela visita, que bom que você gostou, volte sempre que quiser
    Abraço grande
    Fernanda Maria http://www.conversaintima.com

    Responder

  • Mss. T.

    Em 01.06.2012

    Nossa já vivi tanto esse conto de fadas, mas sem tê-lo de volta, mas um dia irá acontecer rs. Gostei do seu blog, beijos

    Responder

  • Fernanda Maria

    Em 01.06.2012

    Serio? aaa eu pensando que fosse a unica rss mas que bom, amar é sempre bom mesmo, quanto mais melhor né.
    Que bom que gostou do blog, pode voltar sempre que quiser, não paga nada 😉
    Fernanda Maria http://www.conversaintima.com

    Responder

  • Ítalo Richard

    Em 01.06.2012

    Bacana o texto, bem singelo e simpático. É bom quando a vida real se assemelha com um conto de fadas. Lindo blog!

    abraço,
    http://www.todososouvidos.blogspot.com

    Responder

  • Fernanda Maria

    Em 01.06.2012

    Oi Ítalo, fico feliz que tenha gostado.
    Também acho muito bom quando a vida real se assemelha a um conto de fadas, obrigada pela visita, volte sempre.

    Responder

  • aspirantenerd

    Em 01.06.2012

    Só posso dizer que você escreve muito bem e seu texto é muito bonito…
    Acho que não tem coisa melhor que o amor…

    Quando der, passa lá: aspirantenerd.wordpress.com

    Responder

  • João Batista de Lacerda

    Em 01.06.2012

    No mental jovem das crianças acontecem coisas iguais e semelhantes a esta, podendo virar realidade com o passar dos anos, numa união estável e duradoura.

    Responder

  • Fernanda Maria

    Em 01.06.2012

    Obrigada, realmente não tem coisa melhor que o amor e já que estamos no mês do dia dos namorados o texto é bem apropriado.
    Volte sempre que quiser, abraço grande.

    Responder

  • Fernanda Maria

    Em 01.06.2012

    É verdade, quando somos crianças tudo parece magico, romântico, intenso e as vezes se torna sim numa união duradoura mas sabe que eu só pensei nessa minha historia como um conto de fadas depois que eu cresci? bem depois que tudo aconteceu por que li um texto que falava sobre o signo de câncer onde falava que as cancerianas pareciam viver num conto de fadas real dai eu lembrei dessa historia que vivi e casou bem né rss.
    Obrigada por comentar, volte sempre que quiser.
    Abraço grande.

    Responder

  • Wíllivan Carsan

    Em 01.06.2012

    Ele vivia um pequena idade média, junto esse amor. Foi criando coragem e foi enfrentando a mundo só para aprender amar e contemplar esse amor por essa amado. Mas será que ela ainda encontrar esse amor ? Acho que não. Há coisas na vida que são apenas para nos ensinar a viver e por isso, por mais que seja bom e queiramos novamente, elas não se repetem.

    Espero sua visita no EDB2012
    Escritor de Brinquedo
    http://escritordebrinquedo.blogspot.com.br/2012/06/78-55-parecia-que-sentia-uma.html

    Responder

  • Gente! Gente!

    Em 01.06.2012

    Gostoso o texto.. te prende! Publique mais e avise!

    Responder

  • Monique Premazzi

    Em 01.06.2012

    O amor quando somos mais novos é comparado com um conto de fadas, onde tudo parece ser bonito demais e o para sempre ainda existe. Apesar de muitas pessoas – eu – ainda verem amor como um conto de fadas. É bem mais bonito assim, quase invencível. Amei o texto. Parabens pelo blog!

    Beijos,
    Monique <3

    Responder

  • Fernanda Maria

    Em 01.06.2012

    Nossa, amei seu comentário, fiquei muito feliz agora…
    Sabe, eu acredito que algumas coisas realmente são apenas para ensinar mas, um verdadeiro amor quando verdadeiro ele volta, sei que um dia vou ver ele seja aonde for, seja em que época ou vida, eu simplesmente sei.
    Obrigada pelo seu comentário e volte quando e sempre que quiser.

    Responder

  • Fernanda Maria

    Em 01.06.2012

    Obrigada pelo comentário, pode deixar que eu aviso quando publicar mais textos, aproveite e visite a pagina "Musica" tem lindas letras de musicas que eu curto e se quiser pode sugerir uma letra que queira ver lá ok.
    Abraço grande e volte sempre que quiser.

    Responder

  • Fernanda Maria

    Em 01.06.2012

    Verdade, quando somos crianças tudo parece ser para sempre, imortal mas alguns amores realmente são para sempre, as lembranças ficam no nosso coração.
    Obrigada pelo comentário e pela visita, volte sempre que quiser.

    Responder

  • Tati

    Em 01.06.2012

    Todos nós já vivemos um conto de fada, ainda que não percebemos isso!

    Responder

  • Vanessa Ponzoni

    Em 01.06.2012

    ainnnn que lindo…parece um conto de fadas mesmo!! <3

    Responder

  • Fernanda Maria

    Em 01.06.2012

    Um conto de fadas trazido para a realidade Vanessa, ainda sem final.

    Responder

  • Sissym

    Em 01.06.2012

    Fernanda, eu acredito nisso. Quando pequena eu tive um grande amigo, sentíamos algo especial entre nós. Chegamos na adolescencia assim, depois nos reencontramos no inicio da fase adulta. Dois patetas ultra tímidos. Mas nunca dissemos nada um para o outro sobre o amor.
    Um dia, eu separada e ele sozinho, mas casado, numa conversa no msn ele (bebado… lol), disse que gostou de mim uma vida toda. Eu creio que aquela confissão, mesmo nunca consumada, foi muito boa para nós dois. Como um alívio. O melhor de tudo é que isso não abalou o grande carinho que sentimos um pelo outro. Isso é bonito. O amor tem várias formas de existir, por isso, pode ser eterno.

    Bjs

    Responder

  • Fernanda Maria

    Em 01.06.2012

    Sim claro, também tive um amigo muito especial mas ele era como um irmão, na verdade era meu anjo da guarda, ele era muito especial mas nos perdemos de vista.
    Concordo contigo, o amor tem varias formas de existir mesmo.
    Obrigada por compartilhar sua historia comigo, volte sempre que quiser
    Abraço grande.

    Responder

  • Midiã

    Em 01.06.2012

    Oi fernanda.
    Eu me emocionei com a história, na verdade eu até me identifiquei com ela. Vivi uma história parecida, sendo que a minha foi virtual. Eu me apaixonei por uma pessoa, namoramos por 1 ano, mas ele sumiu e eu não quis mais esperar por ele, o tirei de todas as minhas redes sociais, dei um fim no nosso relacionamento, mas eu sofri mt, pois eu o amava demais. Ficamos quase 2 anos sem manter contato e apareceram outras pessoas na minha vida, mas eu nunca esqueci ele. Ele morava em Portugal, mas a familia deleé daqui, inclusive sou amiga da prima dele. Eu soube q ano no meio do ano ele veio para o Brasil, foi um choque saber disso. Mas como ele nao me procurou, eu tambem nao procurei. Sendo que no penúltimo dia do ano passado ele apareceu na minha igreja e pela primeira vez eu o vi pessoalmente. Meu coração foi a mil por segundo, eu fiquei tão nervosa, mas não tive coragem de falar com ele. Mas quando ele estava vindo na minha direção meu pai me chamou para ir embora e nem pude falar um "oi" pra ele. Fiquei a semana toda pensando nele, pois achei que não nos falaríamos mais, mas no domingo passado ele estava na minha igreja de novo e mais uma vez nao conseguimos nos falar. Esta complicado minha vida ne. Rs
    desculpa o desabafo flor.
    Eu amei o seu texto e me fez pensar nele de novo.
    Beijos.

    http://www.doceabril.com.br

    Responder

  • Joy

    Em 01.06.2012

    Que maravilha de texto! Lindo, lindo ♥

    Responder

  • Fernanda Maria

    fevereiro 9th, 2017

    Obrigadaaaa Joice, que bom que gostou.
    Bjs

    Responder