Por que/ Para quem eu escrevo?

Em 06.02.2017  

Eeeeee que legal, mais um post do grupo Projeto Vai Um Café? da Blogagem Coletiva e esse é especial,é o primeirão do ano e o tema é o mar lindo de viver então vem comigo.

Por que e Para quem eu escrevo?

Esse tema pode ser curto, longo, extenso e sendo eu né…calma, prometo não fazer um livro aqui.

Em Março o blog comemora 9 anos de existência, isso mesmo, 9 anos é muita coisa e óbvio, ele não emplacou lá muito maaas ele é minha paixão, meu maior orgulho.

Eu busco de alguma forma tocar as pessoas, tocar seu coração, mostrar o que vejo e sinto, mostrar quem eu sou.
Meu blog é onde desabafo, onde posso me mostrar sem medo é onde encontro um pouco de paz e um tanto de alegria.
Sempre amei escrever, eu tive já 4 cadernos de poesias e costuma escrever tanto que as pessoas diziam que eu deveria publicar os poemas, fazer um livro;
Mas um dia num impulso eu joguei tudo fora, me arrependo muito disso até hoje, queria poder voltar no tempo e ainda ter meus cadernos mas, aconteceu assim e talvez tenha sido bom porque foi assim que comecei a escrever numa tela de computador.
Comecei querendo fazer um diario virtual, quando o Blogger era mesmo apenas um diario virtual e me lembro dos selinhos que funcionava assim:
Tinha selo de Blog mais amigavel, Blog mais bonito, Blog mais popular(nunca ganhei esse todos chora) e tinha outros tantos que quando uma comentasse no blog da outra ajudava outra a ganhar o selo, era uma ajuda mutua mesmo e os selinhos eram feios mas eu adorava colecionar eles me diverti muito nessa fase.
Depois teve as TAGS e essas ainda hoje existem graças aos Deuses porque amo responder TAGS e nisso uma indica outra, indica outros blogs para responder e assim acabamos por conhecer outros blogs, outras pessoas.
E veio o boom das Blogueiras né e hoje temos Blogueiras profissionais mas eu sou apenas alguém que ama de todo coração escrever e compartilhar o que sente com o mundo.
Eu sinto tudo em triplo então eu sinto essa necessidade de mostrar ao mundo o que eu sinto, como eu vejo o mundo e as pessoas e o quanto é especial e ao mesmo tempo desafiador e por vezes triste.
Eu escrevo para mim e para os outros então;
Não busco sucesso nem aplausos mas busco compartilhar, discutir, debater, conhecer novas pessoas.
E se ao menos uma pessoa comentar no meu blog fico feliz já, feliz por alguém ter gostado do que escrevi ali, feliz por alguém ter visto.
Hoje também descobri mais uma paixão;
Fotografar, faço isso pouco mas quando tiro fotos me sinto mais realizada juntando o ato de escrever com o ato de mostrar em imagens aquilo que estou sentindo.

Porque eu gosto de compartilhar coisas que acho importante que contam sobre minha vida mas que são importantes para as pessoas verem e saberem e um exemplo disso foi meu post sobre Bullying, eu pude falar disso porque vivi isso então só falo de um tema que eu tenha vivido como o post sobre Distimia, um tipo severo de depressão, meu tipo e aquele post sobre amor, sobre amigos, coisas que vivi e que quis compartilhar com os outros.

Recentemente eu comecei a me redescobrir;

Faz algum tempo que perdi a fé, fiquei muito triste, revoltada, me sentindo só e foi ai que comecei a me voltar para dentro de mim mesma e a parar de fugir daquilo que eu sou e que me fazia falta,

A magia sempre esteve presente dentro de mim e a minha volta, eu fugi, neguei, falei que era bobagem, que era tudo ilusão ou fuga mas a fuga era eu fugindo de quem eu sou.

Eu sou Bruxa, sempre o fui, nasci assim é um fato e ainda busco entender isso e aos poucos eu quero compartilhar esse novo mundo com vocês, falando sobre ele, como é, como tudo tem evoluido, é algo especial enfim que quero compartilhar.

Então eu posso afirmar que eu escrevo para mim e para os outros;

Um dia eu li não sei onde uma frase que era mais ou menos assim:

“Se eu puder tocar ao menos uma pessoa através de minhas palavras então terá valido a pena”.

É assim que me sinto…

Meu blog é minha extensão, é quem eu sou e as vezes sinto que com ele eu posso tocar as pessoas de alguma forma e na verdade, no fundo eu quero isso, poder tocar as pessoas, fazer a diferença, ajudar por meio e através de minhas palavras porque é o que sei fazer, é o que eu amo e quem sabe, se uma pessoa tiver sido tocada então tudo terá valido a pena.

PS: Cabe aqui uma edição?

Li agora no blog da Pri e me lembrei de algo importante, muito importante alias nesse processo todo;

Eu sou muito tímida, sempre fui, passei por vários traumas, sofri muito bullying e tive medo das pessoas por muito tempo, melhorei, conheci verdadeiros anjos que me ajudaram e me emprestaram sua amizade e carinho por um tempo mas continuo a ser tímida e aprendi que isso não é um defeito, que é quem eu sou e como eu sou e então que escrever me ajuda muito nisso, escrever me possibilita por para fora tudo o que sinto e não consigo falar, me ajuda a desabafar quando não tem um ombro para chorar e então que, escrevo para poder ser eu mesma, para poder por meus sentimentos, o que eu sinto em algo, mesmo que seja numa tela de computador. É isso, uma pequena edição que achei interessante falar agora no final.

Relacionado...

  • Lari Reis

    Em 06.02.2017

    Feeeer, como assim você se desfez das suas poesias, mulher? 😮 Choquei, mas não vou ficar lamentando isso não. Vou te dizer para escrever mais poesia, mesmo que não publique. Poesias formam um universo à parte, nos ensinam a dizer muito escrevendo pouco e a colocar o mistério e o subjetivo em cada verso…
    No mais, parabéns pelos incríveis (quase) 9 anos de blog! Vida longa 🙂

    Responder

  • Fernanda Maria

    fevereiro 6th, 2017

    Pois é, nem me fale que tinha tantos poemas lá que…
    Mas tudo acontece por um motivo sabe, então não lamento mais, penso que devo escrever e escrever e sim, escrever outros poemas, alguns estão aqui no blog já outros vou pondo no meu caderno que decidi que tinha que usar ele já que o decorei né…
    E é, 9 anos de blog quem diria, mas eu sou das antigas, se contar desde quando comecei que foi quando o Blogger tinha começado lembra? era em inglês ainda e tinha que ter convite hahahaa então se for contar dai tenho vixeeee melhor não contar né, pra que kkkkkk e vai ter festa e vai ter algo legal no blog, eu ei de fazer essa data ser mais que especial pode deixar.
    E obrigadaaa que dure muito mais ainda meu blog.
    Bjs

    Responder

  • Juliana Miranda

    Em 06.02.2017

    Mentira que vc jogou seus poemas fora!!
    Bora voltar a escrever e correr atrás de publicar, Fer!
    Quem sabe o universo não está esperando apenas uma atitude sua para que as coisas comecem a acontecer?

    Beijo 😉

    Responder

  • Fernanda Maria

    fevereiro 6th, 2017

    Verdade ehehehee era adolescente, fiquei decepcionada e dai pronto, joguei tudo fora …mas sim, aos poucos eu volto…
    Bjs

    Responder

  • Isabella Cas

    Em 06.02.2017

    Eu costumava escrever músicas, e um dia fiz como vc joguei tudo fora =/
    Vai entender porque fiz isso, doidera kkkk
    Sabe-se lá quando terei inspiração novamente rsrsrs
    Mas enquanto isso, quero ver você escrevendo poemas de novo!

    Responder

  • Fernanda Maria

    fevereiro 7th, 2017

    Isa do céu hahahaa acho que quando somos mais novas a gente não pensa direito né? quem dera tivesse alguém que viesse e dissesse, vai ficar tudo bem, calma, respira fundo ahauhauaa
    E sim, ainda voltarei aos poemas, tem alguns aqui, poucos mas espero ter mais ainda,
    Bjs

    Responder

  • Joy

    Em 06.02.2017

    Fer, cê jogou seus cadernos de poesia fora e eu já imaginei alguém encontrando eles e se apaixonando por tudo que vc escreveu, sou doida, eu sei. :p (me inspirou a escrever algo sobre). haha Fiquei tão feliz lendo seu texto, sua história com a escrita lembrou a minha e a história dos blogs também. Espero que você consiga criar lindas poesias nesse ano. Ah, e seu blog é tão mais tão lindo. ♥
    Abraço de urso!

    Responder

  • Fernanda Maria

    fevereiro 7th, 2017

    Eeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee hahaha
    Como adoro quando alguém gosta do meu blog, elogia hahaha me faz pensar que to fazendo algo certo sabe?
    Eu também já pensei que alguém poderia ter encontrado os cadernos, pensei até em publicar em algum lugar e tipo “Se você encontrou meus cadernos por favor, traga-os até mim” hahahaa mas bem, a essa altura acho que já viraram picadinho né.
    Por isso disse que esse grupo é muito amor, porque acho que pelo menos boa parte de nós vivemos toda aquela época dos blogs e isso é sim muito legal e queremos sim resgatar algo de bom daquilo e estamos conseguindo ein.
    Outro abraço de urso pra você hahaaa
    Bjs Joy

    Responder

  • Bianca Mariane

    Em 06.02.2017

    Ai que dó das suas poesias Feeer!!
    Mas digo que eu já fiz a mesma coisa. Eu fazia cartinhas com pequenas poesias e textinhos. Um dia estava decepcionada por causa de um garoto na escola e joguei tudo fora :/

    Ter um blog é um amor gigante. E nós sempre ficamos morrendo de orgulho né?? É maravilhoso ter aquele cantinho pra desabafar e pra inspirar pessoas, ser quem a gente é, poder escrever o que tá na cabeça!!

    “Se eu puder tocar ao menos uma pessoa através de minhas palavras então terá valido a pena”.

    Se essa frase me tocou, tocou muito <3
    Se inspirarmos alguém, todo esforço de escrever valeu a pena!

    Beijos Fer!! <3

    Responder

  • Beatriz Aguiar

    Em 06.02.2017

    “Meu blog é minha extensão, é quem eu sou e as vezes sinto que com ele eu posso tocar as pessoas de alguma forma”
    Pensamos igual. É tão gostoso quando isso acontece, né? Mas vai na fé, continua firme e forte aqui mostrando o teu lado bruxinha, o teu lado amiga, o teu lado doida (afinal, quem não é né?!).
    O importante é ele continuar sendo tua extensão, esse pra mim é o maior sentido em escrevermos, mostrar quem somos, seja do jeito que for. E bullying eu sofri muito também, era dentucinha e riam muito de mim na escola.
    Hoje como diz a ‘poetisa’ Valesca Popozuda “beijinho no ombro” HAHAHAHAHHAHAHAH
    O mundo dá voltas, Fer.

    Beijão ♥
    E continua firme em se redescobrir e dar um fora em sentimentos ruins. Eles só servem para nos poluir. 😉

    Responder

  • Fernanda Maria

    fevereiro 7th, 2017

    Obrigada Beatriz,
    Eu além de dentuça tinha dois dentes igual de vampiro hahahaaa mas sim, beijinho no ombro pras invejosas porque hoje sou muito mais eu.
    Com certeza, vou continuar firme e forte aqui, muito obrigada pelas palavras ❤️
    Bjs

    Responder

  • simone

    Em 06.02.2017

    Tô me identificando muito com os textos, principalmente o seu <3 É tão bom quando alguém lê algum texto nosso e diz que fez bem a ela né? É uma realização passar essa energia boa para as pessoas através das palavras <3 Beijos
    Charme-se

    Responder

  • Fernanda Maria

    fevereiro 10th, 2017

    Si,
    Com certeza é algo muito bom mesmo passar uma energia boa, legal para as pessoas, ver que o que escrevi fez a diferença para elas sabe?
    É muito bom mesmo.
    E obrigada, fico feliz(de verdade) que tenha gostado
    Bjs

    Responder

  • Thais Gualberto

    Em 06.02.2017

    Mais uma vez me identifiquei com o post, como aconteceu com todos os que li até agora sobre o tema. Tudo bem que não vejo o blog especificamente como uma extensão de mim, mas a escrita… Ah, a escrita <3 Uma das melhores coisas da vida sem dúvidas é escrever <3 Feliz que tenha achado nisso uma maneira de desabafar, se satisfazer e ainda superar desafios.
    Beijos!!

    Responder

  • Fernanda Maria

    fevereiro 13th, 2017

    Sabe Thais,
    Começo a achar que esse grupo foi criado só para que esse grupo de pessoas se reunisse viu só vejo rsss
    Escrever quando é mais que uma paixão, é um dom a gente não consegue ficar longe, parece que falta algo então é isso ai, a gente se inspira e inspira outros.
    E obrigada, escrever realmente é como se tivesse encontrado uma forma de fazer com que as pessoas sintam o que eu sinto.
    Bjs e abraço grandeeee

    Responder