Para a Pascoa ficar mais gostosa

 

Encontrei num blog que adoro chamado Minha Filha Vai Casar apesar do nome ele tem muitas coisas mais além de casamento, além de dicas e posts lindos, essa é uma receita que além de gostosa é divertida colorida e perfeita para essa Pascoa.
Olha só como fica

 
A receita você encontra  aqui .

Nas imagens foram usados ovos de chocolate industrializados sem recheio mas, você pode fazer também com ovos de chocolate branco.
Olha esse ovo abaixo como fica, parece ovo cozido de verdade.

 
 
A receita original foi tirada de  Raspberry CupcakeVia Minha Filha Vai Casar 

Que tal, ótimo para essa Pascoa não é verdade?
Qualquer dificuldade use o Google Translate.

Postado por Fernanda Maria

Tormenta

As vezes as pessoas te machucam de uma forma irreversível, o que você era, quem você era e no que acreditava fica para trás e então você se agarra a algo mesmo que seja uma mentira, uma ilusão para conseguir viver, para justificar toda dor e sofrimento que já passou.
Mas pessoas ainda são pessoas e elas te enganam, te fazem mal não sei bem por que, ainda busco entender por que as pessoas querem fazer mal a outras sem sequer um motivo.
E não se enganem, existem muitas formas de torturar,machucar, trazer dor e sofrimento, uma delas, para mim a pior é a indiferença, isso machuca, dói fundo na alma, não ser aceita pelo que você é, ter que fingir o tempo todo, fingir estar feliz, sorrir quando quer chorar quando quer um ombro amigo, te negar amizade e carinho sem nem mesmo te conhecer, ser totalmente indiferente a você ou a dor que esta causando em você, isso machuca mais do que qualquer dor fisíca.
Você começa a se fechar, fecha seu coração? não, fecha a sua alma por que você continua sentindo, sente dor, raiva, solidão,esperança as vezes mas a sua alma esta estraçalhada e você vai tentando se reerguer, recompor os cacos, encontrar alguma alegria,alguma coisa que traga sentido a sua vida,que te faça querer viver mas sabe, eu cheguei a conclusão que quando queremos viver queremos pelas pessoas, no fundo é isso sabe, você é mais feliz, tem mais amor quando tem uma família amorosa, amigos verdadeiros e sabe, quando você tem amigos é como se a vida fizesse sentido, tudo fica mais bonito e alegre, fica mais fácil suportar as dores, os problemas.
É uma grande mentira quando falam que não precisamos de alguém para sermos felizes, que temos que nos bastar.
Ok, se você não consegue ficar um minuto sozinho na vida, se precisa estar sempre com alguém isso é carência mas ser sozinha a vida toda sem amigos,namorado uma família amorosa também não trará felicidade por muito tempo.
Sempre precisamos e vamos precisar um dos outros, nos completamos e é assim que é.
Mas sabe, quando alguém muda o seu mundo e você se cala e então as pessoas de te vêem como uma pessoa tímida elas não entendem, não te aceitam e começam a te ignorar e pior do que isso, te perseguem, te humilham, querem que você reaja, faça algo que não seja observar, aprendi que alguns não faziam por maldade e com isso eu cresci e entendi que ficar de cara fechada o tempo todo não era legal e nem normal e que eu podia sorrir de vez em quando.
Mas você cresce e ao invés de se abrir se fecha mais e mais e as pessoas ao seu redor simplesmente fogem e se afastam, não te entendem, não te aceitam, não gostam quando diz que não curte baladas ou ficar num bar com musica alta e pessoas falando alto, rindo alto e bebendo cerveja, não, elas não entendem e não aceitam que você não goste do que elas gostam, não seja como elas são e pior, saiba de coisas que elas não sabem, elas ficam com medo ou te acham louca.
Tem a carência então, claro, natural afinal, tantos anos sem amigos, sem carinho isso te deixa carente no final e então você se agarra a algo, a uma ilusão tão forte que isso passa ser a sua verdade, a sua realidade e quando tudo no que você acreditava desaba você fica perdida, sem chão e como se vive num mundo em que você não quer estar? como se vive sabendo que o que você mais quer e deseja não existe?
E quando você não aceita uma realidade onde as pessoas não ligam realmente se você esta viva ou morta, não ligam para seus sentimentos por que dizem elas ” eu não te conheço direito, não sei quem você é” e para elas é tão natural e para mim é algo tão difícil de compreender por que, para mim a vida toda o natural é se importar com qualquer ser vivo, se importar com a vida, não sei ser indiferente, não me importar e isso muitas vezes me faz sofrer mais, muito mais, as vezes até gostaria de sentir menos, talvez não doesse tanto.
As pessoas nunca vão entender de fato que, eu, quando era criança era alegre, nada timida, muito briguenta e que, quando uma professora me mudou de sala por brigar demais com as outras crianças minha alma e meu coração ficaram mesmo em frangalhos e eu nunca mais fui eu mesma, aquilo que as pessoas vêem e pensam não sou eu de verdade.
Não sou santa, não sou tão boazinha e nem tão meiga assim e não, definitivamente descobri que não sou tímida, mas me fecho ou travo com certas pessoas, por que eu sinto e vejo…sorte minha por que depois em todas as vezes descobri que não eram boas pessoas e não gosto de falar alto e sem parar, gosto mais de observar não por medo de falar mas por que não tenho o que dizer e só falo quando tenho vontade não por que outros achem que deva falar mais, rir mais.
O fato é que, hoje, não sei mais como conviver com as pessoas e que elas nunca me dão uma chance sequer.
Tenho que ser mais magra, mais inteligente, falar mais, beber e até fumar, incrível como agora o fato de você não fumar te exclui de varios grupos, pessoas e amizades, ninguém jamais deixou que eu fosse eu mesma e o engraçado nessa historia é que quem me aceitou, quem gostou de mim, eu afastei sem nem mesmo perceber e foram pessoas tão raras e que me trouxeram tanta alegria que jamais vou poder agradecer a Deus o suficiente mas, talvez tenha ficado com medo dessa alegria toda afinal, a vida toda me ensinaram a ter medo, a não ser feliz.
E sabe o que é engraçado mesmo?
É que muitos ou ficam com pena, ou acham que você precisa de terapia ou simplesmente não ligam, jamais tentaram oferecer amizade, uma palavra amiga, um abraço…
Na verdade, dentro de mim tem um furacão que ora fica calmo, ora é tempestade com trovões e redemoinhos.
Por fora posso ser calma, mas por dentro sou tormenta.

Postado por Fernanda Maria

Walk


Essa é uma musica que gosto muito de ouvir em casa, na academia, no celular enfim…

Walk
Foo Fighters

Um milhão de milhas de distânci
O seu sinal na distância
Para quem possa interessar
Acho que perdi meu caminho
Ficando bons em começar de novo
Toda vez que eu retorno
Aprendendo a andar novamente
Eu acredito que eu esperei o tempo suficiente
Por onde eu começo?
Aprendendo a falar novamente
Você não pode ver Eu esperei o tempo suficiente
Por onde eu começo?
Você se lembra dos dias
Que contruimos essas montanhas de papéis
E sentamos e assistimos elas queimarem
Acho que encontrei o meu lugar
Você não pode sentir isso crescendo mais forte
Pequeno conquistador
Estou aprendendo a andar de novo
Acredito que eu esperei o tempo suficiente
Por onde eu começo?
Estou aprendendo a falar novamente
Acredito que eu esperei o tempo suficiente
Por onde eu começo?
Agora
Pela primeira vez
Você não paga nenhuma mentira
Liberte-me outra vez
Você mantem vivo um momento de um tempo
Mas ainda dentro, um sussurro a um mentiroso
Se sacrificar, mas sabendo como sobreviver
O primeiro a chorar um outro estado da mente
Eu estou de joelhos, estou rezando por um sinal
Sempre, Sempre
Eu nunca quero morrer
Eu nunca quero morrer
Eu nunca quero morrer
Eu estou de joelhos
Nunca quero morrer
Dançando em minha sepultura
Correndo através do fogo
Para sempre, em qualquer altura
Nunca quero morrer
Nunca quero deixar
Nunca diga adeus
Sempre, sempre
Sempre, sempre
Estou aprendendo a andar de novo
Eu acredito que eu esperei por muito tempo
Por onde eu começo?
Estou aprendendo a falar novamente
Você não vê que eu esperei o tempo suficiente
Por onde eu começo?
Estou aprendendo a andar de novo
Eu acredito que eu esperei por muito tempo
Estou aprendendo a falar novamente
Você não vê que eu esperei o tempo suficiente?

 

 
 
Postado por Fernanda Maria