14 coisas para ser em 2014

imagens-imagens-pra-tumblr-e38d0c

Acreditem ou não eu não sabia muito bem o que era uma blogagem coletiva mas via muito por ai então decidi saber o que era e participar afinal, gostei muito da ideia.
Para quem também não sabe o que é blogagem coletiva clique aqui

Bom,
Minha primeira blogagem coletiva vem do Rotaroots 
e eles sugeriram como primeiro desafio coletivo do ano 14 coisas para ser em 2014, difícil para mim pois nunca planejo nada, nunca faço promessas de ano novo, nunca mesmo mas vamos lá.
Tenho pelo menos alguns sonhos e desejos para esse ano e que espero conseguir:

1-Positiva, eu quero sabe, ser menos realista, acreditar mais nas coisas e pessoas por que ser negativa já era.
2-Ativa, eu quero fazer algo seja trabalhar, malhar, me mexer, fazer um curso algo que me tire desse marasmo que eu mesma me coloquei
3-Paciente, eu quero, preciso ser mais paciente, ter mais paciência, não querer puar no pescoço de alguém, frear meus instintos assassinos(brincadeira) ser mais calma não apenas na aparência mais internamente também.
4-Me importar menos, com as pessoas, com as coisas, deixar de me preocupar demais, sofrer demais, gostar demais tudo demais, tudo sempre mais, eu quero poder mandar um foda-se e me importar mais comigo mesma.
5-Sorridente, é, eu confesso, não ando sorrindo muito, eu quero sabe, ser mais alegre, sorrir mais, brincar mais, me divertir mais
6-Magra, sim eu quero emagrecer não muito por que sempre fui gordinha e gosto de mim assim mas a gordura que ganhei é aquela ruim sabe fora que barriga mulher alguma no mundo gosta e eu também quero perder essa danada da barriga e nunca mais encontrar com ela de novo na vida.
7-Corajosa, ando com muito medo, medo de tudo, medo de todos, medo da vida, credo, quero ser mais corajosa sabe, do tipo que enfrentaria dragões ,chega de ser medrosa né.
8-Lutadora, quero lutar mais pelos meus sonhos, pelo que eu quero sem me importar com o que os outros acham ou não ser o certo.
9-Expressiva, realmente isso me falta, preciso aprender a demonstrar mais afeto, carinho e amor, eu amo e muito mas não sei expressar isso e fico com medo quando alguém o faz então, bora arrumar isso né.
10-Viajar, não só isso, ri a mais lugares, sair mais, passear mais, sair da toca enfim.
11-Aprender uma nova língua, de preferência inglês pois além de necessário eu quero, me sinto deslocada, me sinto idiota e quero mesmo ver um filme e entender o que falam, ouvir uma musica sem precisar procurar sua tradução depois eu quero e ponto.
12-Estudar, isso é mais uma missão, eu quero e preciso voltar a estudar seja do jeito que for
13-Ler, simplesmente ler por que faz tempooo que não leio
14-Trabalhar, o mais importante de todos, trabalhar, preciso e quero ganhar meu tão sonhado e suado dinheiro.

E ai, o que você quer ser em 2014?

Postado por Fernanda Maria

Lembrança de um dia perfeito ou quase.

large

Hoje eu quero contar uma história, na verdade é algo de que tenho muito orgulho apesar do que aconteceu mais tarde.
Eu sempre fui muito fã da banda Jota Quest,era ouvir o nome deles em radio, tv, internet, qualquer lugar que já ficava com um sorriso de orelha a orelha.
Um dos meu sonhos sempre foi conhecer eles, abraçar eles sabe, como se um abraço pudesse transmitir o quão bem eles me fizeram, o quanto suas musicas me deixaram feliz.
E assim eu fui procurando, esperando por cada show como uma tentativa, uma oportunidade para conhecer finalmente eles até que vi o anuncio da então Telefônica sobre um de seus shows em Sorocaba, que iria ter Toni Garrido e que poderia ter Jota Quest mas não foi confirmado;
Dai eu pensei “como assim não foi confirmado””?”e lá fui eu atrás, perguntei de lá e de cá, entrei em contato com a assessoria da banda.
O que sei é que a banda não tinha decidido se ia mas eu falei, pedi, disse o quanto todos os fãs iam ficar felizes loucos mesmo de ver Jota Quest com o Toni Garrido juntos no mesmo palco, falei que, ia lotar o show sim e que todos iriam com certeza ver, que essa era um desejo de fã e eis que tive a confirmação:
Um e-mail dizendo que eles aceitaram e que ia participar do evento, não me contive, gritei de tanta alegria, mas fiquei quieta esperando, depois uma fã do Jota Quest que sempre vai em todos os shows me contou que muitos comentaram e falaram que eu fiz esse show se realizar, ok, minha culpa rss.
Mas nem tudo eram flores e alegria;
Meus pais não queriam me deixar ir ver o show que era em Sorocaba(pertinho de São Paulo) tinham medo de eu ir sozinha, de pagar condução e tal, o show ia ser tarde maaas, uma menina que era de Sorocaba se ofereceu para me ajudar e me buscar na rodoviária, ir comigo no show e tudo o mais, mesmo assim meus pais não queriam deixar.
Chorei, implorei, emburrei, fiz de um tudo, fui na comunidade implorar ajuda já desesperada até que de ultima hora meus pais decidem o que?
Me levar até lá de carro, claro com a ajuda desse minha mais nova amiga.
Então acabou que no final do segundo tempo faltando apenas alguns segundos consegui ir no show.
Foi algo maravilhoso, incrível, ver a banda que eu amava Jota Quest com Toni Garrido que …nem preciso falar né por que todos amam ele e suas musicas.
O show foi perfeito e vai ficar para sempre na minha memoria.
Tenho orgulho de ter ajudado a fazer com que esse show se tornasse realidade por que o show foi sim perfeito, mais que especial.
Isso é algo que vou levar comigo para sempre, que me lembro com alegria por mais que tenham acontecido outras coisas o que importa mesmo é que essa banda me proporcionou momentos mágicos de alegria e amizades por que não.
Hoje posso encher a boca e dizer que sim, eu ajudei a tornar realidade esse show incrível, fui eu mesma e o show lotou mesmo, foi gente de todas as partes para ver Jota Quest e Toni Garrido tocando juntos e…de graça.

Postado por Fernanda Maria

Renovação

 

Renovação,
As vezes nossa vida precisa ser renovada;
Quando nossa vida esta tão atrelada a de outra pessoa as vezes, esquecemos de nós mesmos, esquecemos quem somos e o que queremos.
É preciso quebrar o ciclo, desatrelar a nossa vida da do outro e seguir o nosso caminho, mesmo que muitas vozes digam que devemos ficar as vezes precisamos simplesmente ir.
Por muito tempo eu me deixei de uma certa forma dominar, deixei que outros me influenciassem, deixei que suas vozes fossem maiores do que a minha própria e por anos, por quase toda uma vida acreditei neles, nos outros e nunca em eu mesma.
Eu aprendi a ter medo, aprendi a ficar calada e aprendi a não ser eu mesma e buscar ser apenas o que os outros querem e esperam que eu seja.
Meus pais talvez sem perceber impuseram sua vontade e me ensinaram aquilo que seus pais os ensinaram.
Filhos obedecem através do medo e não de respeito.
Eu não percebi que eles não queriam meu respeito e sim meu medo a eles.
Por anos não percebi também que eles me calavam, todas as vezes em que tentava falar interrompiam, me cortavam, mudavam de assunto ou simplesmente brigavam e com isso aos poucos eu fui me calando, deixando de falar, falei cada vez menos.
Percebi só agora outra coisa:
Tudo o que falavam para mim me influenciou demais.
Era tipo;
Você esta gorda, você vai ficar gorda,seu cabelo esta feio assim, arrume seu cabelo assim e assado, vista tal roupa, não sente assim,você não vai conseguir emprego assim,você não vai trabalhar, duvido você sair de casa e por ai vai.
Aos poucos fui me tornando tudo aquilo que eles falavam e cheguei a um ponto em que para mim é difícil receber um elogio, nem mesmo sei como reagir e por vezes acho que é mentira ou falsidade.
Aprendi a conviver com o que se chama de chantagem emocional e a usam muito bem para que eu faça o que querem.
Entendi finalmente que a unica forma de sair desse ciclo é indo embora, quebrando o ciclo.
Não quero ver a historia se repetir, pode até parecer egoismo ou maldade mas,não quero cuidar de ninguém, quero cuidar de mim mesma, quero ter minha vida e mais do que isso apesar dos pesares quero ver meus pais se cuidando, independentes, sem depender de alguém para tomar banho, não quero isso para eles e se eu ficar em casa é isso que vai acontecer e nunca terei uma vida.
O problema é que ainda não encontrei um caminho, nunca trabalhei e passei 12 anos em casa quase sem sair,engordei e não fiz faculdade e infelizmente tudo isso pesa demais para a sociedade, para a vida
Ainda preciso saber o que fazer, como viver,como reagir e quebrar o ciclo.
Mas enfim, é preciso, é preciso mudar, é preciso não se deixar mais influenciar,teimar e teimar em viver, er amigos,namorar,ter uma vida que é só minha sem depender de mais ninguém para isso.
Só preciso de uma pequena ajuda,de um leve bater de asas.

Postado por Fernanda Maria