TAG: 7 coisas para 2017

Em 10.02.2017  

Não sei se vocês sabem mas eu adoro responder TAGS(quem quiser me indicar fica a vontade) e a Pri linda e fofa do Carioca do Interior me indicou para essa e eu vim aqui responder feliz da vida.

7 Coisas para 2017…confesso que não costumo fazer planos mas esse ano eu fiz alguns que pretendo cumprir;

1-Trabalhar porque preciso de dinheiro né gente então, me contratem, faço de um tudo, só não rodo a bolsinha

2-Fazer um curso técnico de jardinagem porque eu quero abrir uma floricultura, ando me descobrindo e percebendo que meu negócio é mesmo estar em contato com a natureza e cuidar das plantas tem sido algo maravilhoso então, eu quero isso para mim.

3-Trabalhar no ramo de jardinagem seja numa floricultura, seja onde for que tiver plantinhas para cuidar, assim aprendo na pratica o oficio .

4- Eliminar os últimos 5 quilos restantes(tá difícil mas eu consigo uhuuu)

5-Ficar em forma porque eliminei 20 quilos mas ganhei flacidez , balançar o braço, dar tchau nem pensar

6- Encontrar o povo todo do grupo mar lindo da internet o Projeto Vai Um Café? porque esse grupo é só amor e eu quero todas de amiga pra sempre hahaaa

7- Fotografar mais, aprender a fotografar novos de novos ângulos, novas formas, enfim, fotografar…

E quem indico? vixeeee vamos lá que vou indicar todo mundo hahaha

Lari Reis,  Bianca Carvalho,  Juliana Miranda,  Bianca PachecoBeatriz Aguiar,  Henrique,  Simone Benvindo

E ai, gostaram?

Quais são seus planos para 2017?

 

Por que/ Para quem eu escrevo?

Em 06.02.2017  

Eeeeee que legal, mais um post do grupo Projeto Vai Um Café? da Blogagem Coletiva e esse é especial,é o primeirão do ano e o tema é o mar lindo de viver então vem comigo.

Por que e Para quem eu escrevo?

Esse tema pode ser curto, longo, extenso e sendo eu né…calma, prometo não fazer um livro aqui.

Em Março o blog comemora 9 anos de existência, isso mesmo, 9 anos é muita coisa e óbvio, ele não emplacou lá muito maaas ele é minha paixão, meu maior orgulho.

Eu busco de alguma forma tocar as pessoas, tocar seu coração, mostrar o que vejo e sinto, mostrar quem eu sou.
Meu blog é onde desabafo, onde posso me mostrar sem medo é onde encontro um pouco de paz e um tanto de alegria.
Sempre amei escrever, eu tive já 4 cadernos de poesias e costuma escrever tanto que as pessoas diziam que eu deveria publicar os poemas, fazer um livro;
Mas um dia num impulso eu joguei tudo fora, me arrependo muito disso até hoje, queria poder voltar no tempo e ainda ter meus cadernos mas, aconteceu assim e talvez tenha sido bom porque foi assim que comecei a escrever numa tela de computador.
Comecei querendo fazer um diario virtual, quando o Blogger era mesmo apenas um diario virtual e me lembro dos selinhos que funcionava assim:
Tinha selo de Blog mais amigavel, Blog mais bonito, Blog mais popular(nunca ganhei esse todos chora) e tinha outros tantos que quando uma comentasse no blog da outra ajudava outra a ganhar o selo, era uma ajuda mutua mesmo e os selinhos eram feios mas eu adorava colecionar eles me diverti muito nessa fase.
Depois teve as TAGS e essas ainda hoje existem graças aos Deuses porque amo responder TAGS e nisso uma indica outra, indica outros blogs para responder e assim acabamos por conhecer outros blogs, outras pessoas.
E veio o boom das Blogueiras né e hoje temos Blogueiras profissionais mas eu sou apenas alguém que ama de todo coração escrever e compartilhar o que sente com o mundo.
Eu sinto tudo em triplo então eu sinto essa necessidade de mostrar ao mundo o que eu sinto, como eu vejo o mundo e as pessoas e o quanto é especial e ao mesmo tempo desafiador e por vezes triste.
Eu escrevo para mim e para os outros então;
Não busco sucesso nem aplausos mas busco compartilhar, discutir, debater, conhecer novas pessoas.
E se ao menos uma pessoa comentar no meu blog fico feliz já, feliz por alguém ter gostado do que escrevi ali, feliz por alguém ter visto.
Hoje também descobri mais uma paixão;
Fotografar, faço isso pouco mas quando tiro fotos me sinto mais realizada juntando o ato de escrever com o ato de mostrar em imagens aquilo que estou sentindo.

Porque eu gosto de compartilhar coisas que acho importante que contam sobre minha vida mas que são importantes para as pessoas verem e saberem e um exemplo disso foi meu post sobre Bullying, eu pude falar disso porque vivi isso então só falo de um tema que eu tenha vivido como o post sobre Distimia, um tipo severo de depressão, meu tipo e aquele post sobre amor, sobre amigos, coisas que vivi e que quis compartilhar com os outros.

Recentemente eu comecei a me redescobrir;

Faz algum tempo que perdi a fé, fiquei muito triste, revoltada, me sentindo só e foi ai que comecei a me voltar para dentro de mim mesma e a parar de fugir daquilo que eu sou e que me fazia falta,

A magia sempre esteve presente dentro de mim e a minha volta, eu fugi, neguei, falei que era bobagem, que era tudo ilusão ou fuga mas a fuga era eu fugindo de quem eu sou.

Eu sou Bruxa, sempre o fui, nasci assim é um fato e ainda busco entender isso e aos poucos eu quero compartilhar esse novo mundo com vocês, falando sobre ele, como é, como tudo tem evoluido, é algo especial enfim que quero compartilhar.

Então eu posso afirmar que eu escrevo para mim e para os outros;

Um dia eu li não sei onde uma frase que era mais ou menos assim:

“Se eu puder tocar ao menos uma pessoa através de minhas palavras então terá valido a pena”.

É assim que me sinto…

Meu blog é minha extensão, é quem eu sou e as vezes sinto que com ele eu posso tocar as pessoas de alguma forma e na verdade, no fundo eu quero isso, poder tocar as pessoas, fazer a diferença, ajudar por meio e através de minhas palavras porque é o que sei fazer, é o que eu amo e quem sabe, se uma pessoa tiver sido tocada então tudo terá valido a pena.

PS: Cabe aqui uma edição?

Li agora no blog da Pri e me lembrei de algo importante, muito importante alias nesse processo todo;

Eu sou muito tímida, sempre fui, passei por vários traumas, sofri muito bullying e tive medo das pessoas por muito tempo, melhorei, conheci verdadeiros anjos que me ajudaram e me emprestaram sua amizade e carinho por um tempo mas continuo a ser tímida e aprendi que isso não é um defeito, que é quem eu sou e como eu sou e então que escrever me ajuda muito nisso, escrever me possibilita por para fora tudo o que sinto e não consigo falar, me ajuda a desabafar quando não tem um ombro para chorar e então que, escrevo para poder ser eu mesma, para poder por meus sentimentos, o que eu sinto em algo, mesmo que seja numa tela de computador. É isso, uma pequena edição que achei interessante falar agora no final.

Revolução capilar

Em 03.02.2017  

Eu já queria falar sobre esse assunto só que não sabia muito bem como mas eis que a Agridoce Cereja me deu uma ideia ótima;

Falar sobre meu tipo de cabelo, falar sobre os problemas de quem tem um cabelo ondulado que fica entre o nada e algumas ondas mal feitas hahaa

Para entender, vejam o vídeo que ela fez.

Eu não sabia mas existem vários tipos de cabelo e vários tipos de ondulados e cacheados, não é impressionante ? 

Então vem comigo ver os vários tipos de cabelo e sua classificação:

Tipo 1: Cabelos Lisos

Lisos, da raiz até as pontas, geralmente é muito sedoso porque a oleosidade natural chega até as pontas sem nenhuma dificuldade, mas nem por isso dispensa uma boa hidratação.
1A: O famoso escorrido que não segura nada. É fino e tem muito brilho, costuma ser oleoso, pesar com facilidade e ser grudado na cabeça.
1B: Esse aí já tem um certo volume e é um pouco mais encorpado. Consegue segurar babyliss, mas um fixador sempre é bem vindo. Também pode pesar com facilidade.
1C: Os fios costumam ser bem grossos, bem oleosos e difíceis de modelar. É o tipo de cabelo mais comum entre orientais.

Tipo 2: Cabelos Ondulados

Os ondulados formam mechas em S, ondas mesmo. A raiz é mais lisa e tem tendência ao frizz.
2A: Os fios formam ondas bem suaves e é muito fácil de modelar. Não tem muito volume e também pode pesar fácil.
2B: Esse tipo tende a ter mais frizz e as ondas em um formato de S perfeito. Não é tão fácil de ser modelado.
2C: Já formam leves cachos e tem mais volume, a raiz é mais volumosa que os outros tipos e não modela tão fácil.

Tipo 3: Cabelos Cacheados

Cachos super definidos parecendo molinhas. É ressecado naturalmente, pois a oleosidade não chega as pontas por conta de seu formato. Não devem ser penteados secos, pois são bem finos e quebram com facilidade.
3A: Tem um cacho largo e que parece feito por babyliss. Consegue segurar bem uma escova e o fio é fino, que pode pesar fácil.
3B: Os cachos são mais apertados, definidos e com volume, não é nada fácil de escovar (eu que o diga!).
3C: Tem os cachos bem fechadinhos e ficam bem grudados uns aos outros. São bem finos e não dispensam cuidados.

Tipo 4: Cabelos Crespos:

Também conhecidos como afros, são muito frágeis e finos, adoram uma boa Nutrição. São definidos até molhados.
4A: Os cachos são muuuito estreitinhos e fechados, finos e naturalmente ressecados. Adoram um bom óleo.
4B: Tem formato de zigue zague e não são tão definidos mas tem um volume lindo.
4B: O black power maravilhoso. Não são definidos, tem um super volume e são secos por natureza.

Ok, vendo isso e o vídeo da Agridoce descobri que o meu tipo é o 2A que um dia foi o 1C juroo hahaha

Esse tipo de cabelo o 2A é uma droga na boa, passei a vida sofrendo com o cabelo, nada ficava bom.

Teve a época que só prendia ele, teve a época que ele era liso(delicia) e teve outra que era india quando minha avó colocava um tijela redonda na minha cabeça e cortava e teve a época(vergonhosa) que o cabelo parecia uma vassoura e eu ainda usava aquelas tiaras lindas de veludo sabe e pink ainda porque eu era dessas e depois ainda teve a época do cabelo Chitão e Chororó minha nossa que vergonha alheia hahahaa.

Depois resolvi assumir os cachos e enrolava o cabelo nos dedos, mas me enchi porque começaram a me chamar de caixinhos dourados, dai fiquei prendendo ele e ainda dividia o cabelo no meio vejam só; 

Vejam a linha do tempo capilar:

 

Eu quando era uma índia só que não.

 

Prova de que um dia meu cabelo foi liso, olha só que lindeza.

Preparem-se, abaixo imagens fortes, se você tiver problema no coração não veja, você vai se chocar agora…

 

Pior fase da vida, cabelo horrível, estilo sertanejo dentes para frente a única coisa que salva é o Gatão quando ainda era filhote e meigo hahaha

Ainda bem que está borrada assim tenho a ilusão de que não era tão ruim assim…
Atenção ao moletom.

Os cachos, eu achava que era cacheada mas enrolava cada fio no dedo…e vejam o Bingo na foto, o gato que mais amava colo no mundo…ele exigia alias.

Foram anos de sofrimento e tentativas de me aceitar, de gostar do meu cabelo enquanto via outras meninas de cabelo liso, sedosos e bonitos, outras com cabelos cacheados lindos.

Tentei de tudo, cremes, shampoos, finalizadores, escovas e nada ajudava, presilhas, tiaras, faixas aaa sim as faixas, teve uma época que eu achava bonito por um lenço na cabeça e amarrar de lado, achava lindo sabe tanto que até tirei foto para o RG assim e assim está até hoje.

Foram anos com dente pra frente, aparelho e depois ainda engordei então pensem na auto estima da pessoa como fica.

Depois finalmente veio a chapinha…não é legal óbvio e quis parar e então tosei a juba e cá estou com o cabelo curtinho e feliz e na boa, me achando mais bonita hoje do que quando era mais jovem.

Finalmente eu me sentindo eu, fala sério, uma gata né.

E vocês, qual é o seu tipo de cabelo? Como cuida dele? Como foi sua vida capilar? Me conta.

Páginas«2345678910... 66»