IT- A Coisa

Quinta-feira foi dia de comemorar a independência do Brasil mas foi também dia de estreia e eu claro, como boa amante de filmes de terror tive que ir conferir.

Assisti o filme IT- A Coisa e vou contar para vocês o que achei e algumas curiosidade e fatos :

Sobre o livro;

“It (em português A Coisa) é um livro do escritor estadunidense Stephen King publicado em 1986.
Conta a história de sete indivíduos que, quando crianças, enfrentaram uma criatura centenária que se alimentava do medo e mudava de forma, ora chamada de It (Coisa), ora de Pennywise (o palhaço Parcimonioso) na cidade fictícia de Derry, no Maine, e 27 anos depois eles são chamados de volta para o confronto definitivo quando a criatura volta a matar crianças. Quem sente sua presença é Michael Hanlon , um bibliotecário e único do grupo dos sete amigos que continuou morando em Derry. Assim ele liga para Richard Tozier (o brincalhão piadista), Eddie Kaspbrak (o fracote hipocondríaco), Stanley Uris (o escoteiro), Beverly Marsh Rogan (a garota do grupo), Ben Hanscom (um gordinho tímido) e Bill Denbrough (espécie de “lider” do grupo), pois todos os sete, quando jovens, viram “A Coisa” e juraram combatê-la caso surgisse outra vez. Porém este juramento pode custar suas vidas. Nesta obra Stephen King descreve claramente a personalidade e peculiaridades de cada uma das sete personagens principais, demonstrando sua ótima técnica de criação de descrição.
Em 1990 foi adaptado para cinema e TV, com direção de Tommy Lee Wallace.”

O livro tem mais de 1000 paginas mas se engana quem pensa que não dá para conseguir leva ro livro até o final porque os livros de Stephen King nos prendem até o fim e com esse não é diferente.

Stephen King é bem mais que um autor de livros de terror, seus livros tem histórias complexas, com personagens muito bem montados e detalhados com dramas, questões a resolver além de claro o suspense.

E o livro A Coisa foi com certeza um de seus livros mais famosos e ganhou primeiro a versão de 1990 que fez com que muitas pessoas ficassem com fobia de palhaços, muitos ficaram apavorados de verdade ao ponto de não poder ver nem mesmo mascaras de palhaços causando grande comoção na época e então eis que surge uma nova adaptação e logo vieram os rumores, depois pessoas se vestindo de palhaços,

Primeiro eram apenas brincadeiras mas logo evoluíram a causar pânico nas pessoas, alguns chegaram a atacar as pessoas.

O filme:

SIPNOSE

“It (It: A Coisa (título no Brasil) ) é um filme estadunidense de terror sobrenatural e drama. Ao contrário do que muitos pensam, não é um remake do filme de 1990, e sim uma readaptação do livro homônimo de Stephen King. O filme terá duas partes, visto que a obra original contém mais de 1000 páginas, e uma mostrará a jornada das crianças do “Loser’s Club” para encontrar seus amigos desaparecidos além de enfrentar o palhaço assassino Pennywise, enquanto o mesmo explora os medos e fobias das suas presas.”

Essa é apenas a primeira parte mas não ficou devendo em nada tanto ao livro quanto a primeira versão do filme.

Se você espera um grande filme de terror que vai te causar medo, muitos sustos, pânico desista, não vá, esse não é um filme de terror adolescente.

Logo no inicio do filme temos que encarar cenas fortes e angustiantes que mostram o que devemos esperar dali por diante;

Durante o filme temos algumas cenas de sustos(bons sustos alias) mas a maior parte é montada sobre o drama dos jovens que compõe o filme:

Bill Denbrough, Ben Hanscom , Beverly Marsh (única menina do grupo) , Richie Tozier , Eddie Kaspbrak, Mike Hanlon , Stanley Uris.

Todos tem seus dramas pessoais e problemas e juntos eles percebem que podem enfrentar e vencer  A Coisa.

O filme tem a mão de Stephen King, podemos sentir toda angustia, toda aquela sensação de “Meu Deus,eles vão morrer” todo aquele suspense misturado com drama e questões maiores que percebemos claramente no desenrolar da história.

Sobre o palhaço A Coisa;

O novo Pennywise consegue ser ainda mais assustador que o primeiro mas traz a nova adaptação um Q de humor e ironia com momentos que conseguimos rir em alguns momentos,

IT não chega a dar medo exatamente mas nos faz prender a respiração muitas vezes,

IT tem várias formas, se faz passar pelos maiores medos dos personagens mas também influencia outros a matar, ele é ainda mais perverso do que no primeiro filme.

Uma curiosidade:

A caracterização de Pennywise foi tão perfeita que não conseguimos ver através do personagem, pois saibam que o ator na verdade é beeem diferente de IT;

Pessoalmente gostei bastante dos personagens,todos foram muito bem construídos e escritos.

O filme convence bem e nos deixa na expectativa para o próximo capitulo que será ainda mais dramático e perigoso.

Esse não é um simples filme de terror, então não vá esperando sustos mas um belo filme com suspense, dramas e perigos.

E vocês, já viram? o que acharam? Alguém leu o livro?

Se ainda não estiverem convencidos, vejam o trailer …

 

Postado por Fernanda Maria

O circulo

Quando a lua cheia estiver alta no céu a brilhar
Dance,
Venha, forme um circulo,
Deixe-se levar pelo som,
É hora de celebrar a vida, a magia
Quando a lua brilhar forte venha,
Ela está te chamando,
Vamos rir, dançar até que os primeiros raios de sol apareçam,
Venha,
As fadas já estão aqui junto com os duendes e gnomos e todos os elementais em festa,
A lua apareceu,
O céu escureceu ,
As estrelas brilham.
Está ouvindo o som?
Será flauta? ou será tambores?
Está ouvindo?
Risos ao longe, susurros,
As fadas te chamam,
Então venha,
Forme o circulo,
Dance sem medo sob a lua do luar em volta da fogueira,
Se entregue a magia da noite,
Esqueça os problemas, esqueça os medos,
Aqui no circulo só há lugar para a alegria,
Todos dançam,
Todos cantam,
Sob a lua da lua,
Ao som de flautas e tambores,
Uma dança antiga,
Magia pura,
A lua te chama,
Venha agora,
É hora de ser feliz.

Postado por Fernanda Maria

Filmes que mudam a nossa vida

Existem filmes que nos marcam, alguns nos emocionam, outros nos fazem rir, outros filmes fazem parte de nossa vida, marcam época e nos fazem lembrar de dias felizes e existem filmes que trazem alegria, unem a família e tem aqueles que mudam a nossa vida;

Aquele filme que a primeira vez que vemos os olhos se abrem mais, ficam fixos na tela e nem percebemos o tempo passar, eles nos fazem sentir diversas emoções, refletir sobre nós mesmos e nossa vida e nos mudam até e é sobre dois desses filmes que eu quero falar hoje.

São dois filmes, ambos baseados em livros( ainda não achei livro em português quem tiver ou souber me avise) e originalmente foram feitos para as crianças mas conquistaram desde adolescentes a adultos e mais velhos pois eles são aquele tipo de filme que nos encanta, nos deixa suspirando( não, não é romance) e tem até um debate sobre qual é o melhor até hoje.

O primeiro da lista só poderia ser esse ;

The Secret Garden( O jardim Secreto) :

“O filme é uma adaptação do clássico contos de fadas de Frances Hodgson Burnett, o Jardim Secreto. Mary Lennox é uma órfã enviada para viver com seu tio em sua mansão, que é cheia de segredos. Ela descobre um primo doente que ela nunca soube que tinha e um jardim abandonado, o qual está determinada a trazer de volta para a vida.”

Mary vivia na Índia(logo verão que ambos os filmes começam na ìndia) com seus pais que não lhe davam atenção, porém em um desfile há um estouro de elefantes por conta de um terremoto e seus pais morrem e então ela fica orfã e vai morar com seu tio Lorde Archibald Craven  o qual ela mal vê.

No filme ela se mostra no inicio arredia, não gosta que ninguém toque nela, vive emburrada,muito mimada queria que todos a servissem, ela nem mesmo amarrava seus calçados mas logo percebe que não vai ser “servida” e é obrigada a  se virar,

No inicio quando chega a sua nova casa ela está no inverno, há todo um clima de mistério e aos poucos ela vai fazendo amizades e deixando que os outros entrem em seu coração, conhece seu primo que vivia escondido pois seu pai achava que ele tinha a mesma doença que ele.

Ela enfrenta vários desafios, descobre um jardim e decide o restaurar com a ajuda de seus amigos e primo.

O filme mostra o poder que um simples jardim tem e o valor da amizade e o quanto essas coisas podem nos mudar,

É um filme delicado e tenso ao mesmo tempo e magico como são os contos de Frances Hodgson Burnett.

É um filme que vai surpreender e encantar, com uma trilha sonora bélissima e tema profundo, ele é capaz de mudar a forma como vemos o nosso mundo e trazer de volta a magia em nossa vida.

O segundo filme consegue ser ainda mais encantador e minha opinião, mais emocionante( consigo chorar sempre que vejo na mesma cena) .

Consegui gostar mais que do primeiro filme pela delicadeza, pela história,pela magia que ele passa, ele é surpreendente e ao mesmo tempo apaixonante.

É melhor separar uma caixa de lenços porque a emoção aqui rola solta…

A Little Princess( A Princesinha)

 “Sarah Crewe é uma  menina que é obrigada a viver em um internato de Nova York quando seu pai vai para a guerra. Enquanto tenta se adaptar às regras do local, ela faz amizades e inimizades e usa a imaginação para mudar o mundo ao seu redor.”

Seu pai lhe contava histórias sobre os deuses da Índia, contos que incentivavam a imaginação de Sarah que via assim um mundo magico mas ao chegar no internato se depara com Srta. Minchin  que comanda o lugar com mãos de ferro e se incomoda com o jeito de Sarah ver o mundo…

Alias, o relacionamento dela e do pai é o mais tocante e bonito do filme.

Sarah cativa a todos do lugar mas chega a noticia de que seu pai faleceu e então Srta. Minchin  para se vingar faz ela trabalhar de empregada, a coloca num sotão frio e numa das frases do filme diz “Que não existe magia, que esse é o mundo real” e então Sarah se desiludi, se deixa levar pelas situações tristes que tomam conta de sua vida;

Ao longo do filme acontecem muitas coisas para restituir a fé de Sarah com cenas emocionantes, toques de magia, ação e suspense o filme é tocante e emocionante, é difícil não se comover e torcer por Sarah.

Esse é o filme que mais mexeu comigo na minha vida, ele me mudou, eu o vi em um momento difícil de minha vida e restituiu minha fé, o filme mostra que a magia existe, que basta a gente acreditar e ter fé.

Vocês vão se comover como eu, o filme tem uma das trilhas sonoras mais belas de todos os tempos e nos mostra que o impossível não existe aos olhos de quem crê.

Eu não posso falar mais sobre os dois filmes se não vou entregar tudo ( olha os spoilers) e o que posso falar a mais é que são contos de fadas sim feitos não para crianças mas para adultos voltarem a ser crianças por alguns instantes e acreditarem em si mesmos, acreditar no poder que o amor tem e como ele está tão ligado a fé…eu diria que o amor e a fé são a mesma coisa e esses filmes nos mostram exatamente isso.

E ai, já conheciam esses filmes? Já viram ou leram? o que acharam? me conte

PS: Óbvio que tenho o dvd duplo dos dois filme e ainda choro sim quando vejo to nem ai hahahaa

PS2: Repararam na imagem que ilustra esse post? perceberam de quais filmes são as ilustras?

Deixo para vocês a musica que me emociona até hoje do filme que me fez acreditar de novo na vida, na magia e ter esperança…

E ai, já conheciam esses filmes? o que acharam?

 

Postado por Fernanda Maria