Categoria "Magia"

Anjos

Em 31.03.2014  

angel_statue_stock_05_by_malleni_stock-d4kiziy
Você acredita em anjos?
No que você acredita exatamente?
Qual história te contaram?
Qual a sua crença?
Eu acredito em anjos de todas as formas possíveis e impossíveis  de ser e existir.
Vou contar como e por que eu acredito em anjos;
Eu sempre fui do tipo que acredita em magia e em coisas invisíveis aos nossos olhos mas quando se falava em anjos não sei, eu era como que atraída para isso.
Tudo começa assim:
Um dia eu sonho com um “ser” vestido todo de branco na cintura uma faixa dourada, parecia uma túnica, seus cabelos eram castanhos claros, na verdade eram um loiro cor de mel que chegava a ser castanho, seus olhos eram castanhos claros e na cabeça tinha uma faixa dourada, na sua mão tinha uma flor, um lírio branco cheiroso e me lembro de o ver e sorri para ele, sentia que o conhecia, era algo familiar e doce, não parecia sonho,não lembro de ter ouvido o nome dele nem de ter visto asas mas, ao acordar disse para mim mesma “Gabriel”.
Então uma semana depois passeando no shopping, num quiosque vi a imagem dele, tal como eu sonhei, idêntico e qual não foi minha surpresa ao ler “Arcanjo Gabriel” claro que comprei a imagem né e fui eu pesquisar sobre ele.
Com o tempo fui encontro coisas, coincidências se preferir chamar assim como, o Arcanjo Gabriel é o Arcanjo do signo de Câncer (meu signo) seus protegidos gostam da cor branca( eu não posso ver nada branco na frente que quero levar, meu armário nem sei quantas blusas brancas tem ) e sim, sou fascinada por essa cor, é a cor que mais gosto se deixar boto tudo branco pela casa rss…
Também gostam de lírios brancos( isso explica por que fiz meus pais comprarem uma flor dessa de todo tamanho e fiquei lá horas a fio só olhando e sentindo o perfume) entre outros.
Dia da semana: Segunda-Feira (eu amooo segunda-feira)
Cor: Branca
Elemento: Água (todos sabem do meu amor por água né)
Planeta: Lua (óbvio)
Características : O Arcanjo Gabriel protege os nativos de Câncer determinando que façam mais uso da emoção, que da razão pura e simples. O coração, para as pessoas desse signo, tem prioridade na decisão de um problema. Outra característica que o Arcanjo Gabriel outorga aos nativos deste signo é a intuição, chegando até parecem adivinhos. Quando os cancerianos canalizam o aspecto angélico, atingem um elevado nível de paranormalidade, com destaque para a clarividência. Quando não conseguem, podem tornar-se irritadiços, indecisos, tendendo a devaneios e hipersensibilidade. São rodeados por anjos da intuição, nascimento e visão espiritual.
E começou assim minha paixão e interesse por anjos, comecei a ler tudo sobre. pesquisar, comprar até que meu pai me deu a Enciclopédia dos Anjos de Monica Buonfiglio e fiquei ainda mais encantada e fascinada.
E até hoje tenho essa imagem, guardada com todo carinho e cuidado, claro, alguéeeem já deixou o coitado cair mas mesmo assim ele está ai firme e forte.

DSCN2453

Essa foi uma época especial e magica para mim vivi e conheci pessoas únicas que eu costumo chamar de “anjos humanos” ou “anjos sem asas”.
Sim, eu acredito que exista anjos sem asas aqui na Terra e que nós os conhecemos algumas vezes, são seres humanos especiais que nos tocam de alguma forma e nos mudam e eu os conheci, conheci um em especial que me mudou por inteira, não poderia explicar em palavras o que eu senti, os efeitos que ter conhecido ele produziram em mim, foi algo único e especial, ele foi mais que um amigo, mais que um irmão e se acreditam em almas gêmeas ele era sim minha alma gêmea mas não como namorado ou marido, acredito que é muito maior do que isso, existem tantas formas de amor, de se amar e imaginem, eu encontrei a mais pura delas em forma de um amigo.
Eu tinha medo de homens, de verdade, era trauma e sério por que eles me perseguiram desde a infância, eu nunca nem havia chegado perto de um, quando tinha um atendente homem na loja eu não entrava, eu tremia dos pés a cabeça, nem olhava no olho e quando o conheci ele mudou tudo isso.
Foi o primeiro homem, a primeira pessoa no mundo a me abraçar e claro, no momento eu senti medo mas logo em seguida senti carinho, algo familiar e bom e me entreguei ao abraço e pronto, dali por diante tudo mudou, ele me mudou definitivamente e me mostrou que não precisava ter medo de todos os homens da face da Terra rss
Ele foi meu anjo humano, um anjo sem asas que entrou na minha vida e a mudou para sempre, foi o momento mais doce, mais magico e alegre que vive então sim, existem anjos humanos por ai e são pessoas especiais que se você tiver a sorte de encontra-las vai poder viver algo único.
Anjos existem, não podemos ver eles mas as vezes você pode ouvir um leve bater de asas e se, começar a rir assim do nada tenha a certeza que é seu anjo da guarda que esta ali do seu lado.
Não acredita em mim?
Bem, então aqui vão algumas histórias para acreditar definitivamente em anjos e acredite,
eles não aparecem voando ou com asas, quase nunca:                             

“Um acidente automobilístico numa estrada do Miss
ouri, Estados Unidos, virou notícia no mundo inteiro por causa da suposta aparição de um anjo vestido como um sacerdote.

Quando o policial rodoviário Aaron Smith, de 26 anos, atingiu o carro de Katie Lentz, 19 anos, num acidente na manhã do último domingo, 04 de agosto, os bombeiros foram acionados para efetuar o resgate da moça, que havia ficado presa entre o volante e o banco.
Desesperada, a jovem pediu que os socorristas orassem por ela em voz alta, e nesse momento, um homem vestido como sacerdote apareceu. Os bombeiros relataram que ele surgiu do nada, e com suas palavras, trouxe calma a respeito da situação.
“Ele veio e se aproximou da jovem, e ofereceu uma oração”, afirmou Raymond Reed, chefe dos bombeiros em sua entrevista à emissora KHQA-TV. “Era um sascerdote e ele tinha óleo de unção com ele. Uma sensação de calma veio sobre ela, o que também nos fez bem”, complementou.
“Eu não tenho certeza do que foi dito, mas lembro claramente dele dizer que devíamos manter a calma, e usar as nossas ferramentas de trabalho pois agora iríamos conseguir tirá-la do veículo”, disse Raymond. “Era um carro muito bem construído, e quando você tem materiais compactados como esse, elas se tornam ainda mais fortes, porque você está cortando várias coisas em vez de apenas uma camada”, explicou.
Logo após a oração conduzida pelo homem misterioso, mais uma equipe de bombeiros chegou ao local do acidente, e o corte dos metais retorcido ficou menos complicado. Depois de cortarem a lataria do carro, as equipes se viraram para agradecer ao sacerdote, porém ele havia desaparecido.
Como a estrada estava fechada num raio de aproximadamente um quilometro e o suposto padre não estava de carro, os bombeiros passaram a acreditar que trava-se de um anjo que foi ajudá-los no resgate. “De onde é que esse cara veio? Nós estávamos olhando para o sacerdote e, depois, ninguém mais o viu. Se era um sacerdote agindo como um anjo, ou um anjo real, não sabemos. Ele foi um anjo para todos nós e para Katie”, disse Travis Wiseman, um dos bombeiros.”

 

“La na vila que passei minha infancia, a frente de nossa casa, passava um rio, em dias de calor era comum a criançada se jogar em suas aguas, em busca de diversão.
Atiravam-se a elas, com as câmeras de pneus velhos, cheias de ar, pois eram poucos os que nadavam bem.
Em uma manha, estávamos todos la, eu só na beirada, com os pês dentro da agua, porque sempre tive medo daquele monte de agua escura, e nunca me aventurei a entrar.
Alegres, torcíamos por um ou outro amigo, que destemido,  enfrentava aquele que, pra mim era um oceano sem fim, o rio.
De repente meu primo Dalvio, se perdeu de sua boia, e começou a se debater, nas aguas escuras do rio.
Eu, aterrorizada, nem um musculo movi, a voz calou na garganta.
Em questão de segundos, que pareceu uma eternidade, vi minha Vo, surgir correndo, e jogar-se, nas aguas, e de la tirar seu querido sobrinho e afilhado, filho de sua irmã, Filomena.
E o melhor foi quando, passado o susto, ela pode enfim contar, que estava na cozinha de sua casa, a lavar o arroz para no almoço fazer, quando uma voz que ecoou por todo o recinto da cozinha, lhe disse:
“Corra vá salvar o menino, que esta a se afogar”.
Ela disse que mais nada pensou, e correndo ganhou a rua, e no rio se atirou, sem nem mesmo saber nadar, mas dele conseguiu retirar o sobrinho, a salvo.
Naquela noite, o terço, habito comum, la em nossa vila, foi rezado em nossa casa, e todos os presentes, agradeceram, ao “anjo da guarda” que, veio avisar minha vo, do perigo de morte,  em que seu sobrinho Dalvio, se encontrava.
Por essas e muitos outros causos que vivi, e pela Fe que possuo, tenho certeza, ELES, existem, e nos amparam e  amam.”


“Em janeiro de 1998 engravidei pela primeira vez. Era o primeiro e tão esperado filho. Mas já no primeiro mês de pré-natal a médica me informou que havia presença de miomas (tumores), que, infelizmente, se desenvolveram muito. Em abril, quando de madrugada fui ao banheiro, senti que estava perdendo líquido. Ao procurar a médica ela constatou que havia perdido o nenê. Após o exame, encaminhou-me para o hospital, pois havia risco de uma hemorragia e não resistir. Por isso fui, acompanhada por minha sogra, para o “hospital e maternidade de São José”. Os exames constataram que o mioma era muito grande e logo fui encaminhada ao centro cirúrgico, e despertando da anestesia sentia dores muito fortes, passei a noite sem dormir.
No dia seguinte outro médico chegou para examinar-me e escandalizou-se com o cirurgião que me havia operado, pois o feto ainda estava dentro do útero. Com isso submeti-me a uma outra cirurgia visto que corria o perigo de uma infeção, à qual eu não teria as forças necessárias para resistir, mas antes, como corria o risco de vida despedi-me dos meus. Neste ensejo, minha mãe e meu esposo assinaram a licença para a retirada do útero, pois o mioma prensou o feto impossibilitando assim, retirar uma coisa sem a outra; minha mãe, por sua vez, ao assinar, segurou as mãos do médico e disse: “Quem vai operar a minha filha é Jesus”.
A cirurgia começou e senti um pouco como o médico mexeu. Depois disse: “Nossa, a corrente de oração lá em baixo foi forte demais!” De fato, aconteceu que o mioma se deslocou nas mãos dele quando já estava no processo da retirada do meu útero, assim só precisou retirar o feto. Quando voltei para o quarto começaram fortes dores e, de olhos fechados, via um monte de coisas estranhas. Logo me aplicaram soro e usavam o cateter para aplicar os medicamentos. Mas todo tempo a agulha saia da veia e o sangue começava a voltar. A dor era insuportável e, por isso, meu marido chamava as enfermeiras que já vinham com uma certa má vontade, pois sempre a veia fugia e o sangue voltava.
Continuava neste mesmo estado e em uma certa noite, sentia tanta dor que disse a Jesus: “Eu sou da Irmandade dos Santos Anjos. Envia um dos Teus Anjos para me ajudar e tirar de mim todo este sofrimento”. E mais uma vez a agulha saia fora da veia e o sangue voltava. E eu pedia a DEUS que enviasse os Anjos para me ajudar.
Logo em seguida meu marido saiu, foi até o corredor e chamou o médico que lá estava para dar uma olhada em mim. Chegando, pegou meu braço, olhou para mim e disse: “Olha, vou
trocar esta agulha e vou colocar em você uma agulha que se usa em crianças. Assim o fez e, passando a mão sobre minha cabeça, disse: “Agora não vai mais soltar”. Trouxe ainda um remédio para a dor de cabeça e disse a meu marido: “Quando precisar, pode me procurar no final do corredor, que vou estar aqui”. Afastou-se olhando para mim, perguntei ainda quem deveria procurar se precisar e respondeu-me: “Meu nome é Miguel Arcanjo dos Anjos”.
Senti uma força tão grande e agradeci a Deus por ter me mandado um dos Seus Anjos para me proteger. Não senti mais dores assim insuportáveis e a agulha não saiu mais da veia, só a tiraram quando suspenderam o soro e os medicamentos. Depois de três dias recebi alta.”


Mesmo quando não acreditamos eles estão lá ao nosso lado prontos a nos ajudar e amparar, anjos existem e isso é algo que acredito mesmo quando perco a fé essa é uma certeza absoluta para mim, anjos existem e estão conosco sempre, nos amando e protegendo.

Para ler e saber mais…
Anjo
Anjos-Monica Buonfiglio
Portal Angels
Revista Esotérica

Eu poderia te falar de quando senti cheiro de rosas sem qualquer flor por perto ou alguém que carregasse uma, poderia te falar das vezes que senti perfume de flor e ninguém mais sentia;
De quantas vezes me senti protegida, guiada mas tudo depende da sua crença, do que você acredita então prefiro perguntar;
E você, acredita em anjos?

“Anjo
Passa todo seu tempo esperando
Por aquela segunda chance
Por uma oportunidade que deixaria tudo bem
Sempre há um motivo
Para não se sentir bem o suficiente
E é difícil no fim do dia
Eu preciso de alguma distração
Oh, belo descanso
A lembrança vaza das minhas veias
Deixe-me ficar vazia
E sem peso e talvez
Eu encontrarei alguma paz esta noite
Nos braços de um anjo
Voar para longe daqui
Deste escuro e frio quarto de hotel
E da imensidão que você sente
Você é arrancado das ruínas
De seu devaneio silencioso
Você está nos braços de um anjo
Talvez você encontre algum conforto lá
Tão cansado de andar na linha
E para todo lugar que você se vira
Há abutres e ladrões nas suas costas
E a tempestade continua se retorcendo
Você continua construindo as mentiras
Que você inventa por causa de tudo que você não tem
Não faz nenhuma diferença
Escapar uma última vez
É mais fácil acreditar nesta doce loucura, oh
Esta gloriosa tristeza que me deixa de joelhos
Nos braços de um anjo
Voar para longe daqui
Deste escuro e frio quarto de hotel
E da imensidão que você sente
V
ocê é arrancado das ruínas
De seu devaneio silencioso
Você está nos braços de um anjo
Talvez você encontre algum conforto lá
Você está nos braços de um anjo
Talvez você encontre algum conforto lá”

 

 

Página 3 de 3123