Inverno

Inverno é tempo de edredom, chocolate quente, festas juninas, gordices e frio, muito frio clarooo
Colocamos nossa roupa mais quente, calçamos nossas pantufas nos pés, nos enrolamos em nossos edredons ou cobertores e nos sentamos no sofá em frente a tv ou ficamos apenas na cama, inverno é isso, aquela época gostosa do ano( pelo menos para mim) mas aqui o inverno não é tão comum não…

Tivemos sol, um sol quente de dia e noites frias e iluminadas, com uma lua grande e estrelas mais brilhantes…

 

Agora o sol entra na janela nos trazendo luz e aquecendo, flores florindo e cactos na janela mais felizes com certeza .

Essa é a ruela por onde passo sempre… tem sol  passando por entre as arvores e barulho de pássaros em pleno inverno.

E a  rua que encontro minha amiga de quatro patas ehehee, descobri que ela é fêmea, tem dono mas adora ficar andando por ali na rua e dizem,ninguém resisti a ela e a fazer cafuné nela e como resistir? esse da foto é outro peludo, ele estava caçando pássaros mas parou para posar  para a foto.

Algumas das coisas que mais gosto do inverno são:

  • Morangos, sou obcecada por essa frutinha vermelha
  • Me enrolar no edredom 
  • Não ter pernilongos me comendo viva 

E esse é o nosso inverno aqui, com muito sol e cobertores.

PS: Aqui venta frio então no nosso mini shopping tem um café charmoso onde você pode sentar nas cadeiras que batem sol , tomar um café, um chá ou um suco enquanto se aquece, além do clima familiar ,vocês não vão querer ir embora mais.

Esse post faz parte do projeto 6 on 6 do grupo mar lindo da internet o Projeto Vai Um Café?

Postado por Fernanda Maria

6 on 6- Objetos favoritos da minha casa

Esse tipo de projeto fotografico é o tipo que eu amo e ainda me ajuda a fotografar mais, treinar e aprender.

O tema desse mês é Objetos favoritos da minha casa, fácil né ? É o tema proposto pelo grupo mais amor dessa internet o Projeto Vai um Café?  então vem comigo ver os meus favoritos.

A Frida vocês já conhecem né? mas não poderia faltar, amo ela.
Essa é foto dupla para mostrar meu Arcanjo Gabriel que está no seu mini relicario que eu mesma fiz e o Filtro dos sonhos feito sob encomenda(depois conto mais).
Aqui no nicho tem o meu trio que curiosamente combinam e juro que eu não os coloquei lá pensando nisso …O gnomo é do amor claroo
Esse aqui na verdade é da minha mãe mas eu adoro…é uma vassoura com chapéu de bruxa e óbvioo que eu gosto né
Estou numa fixação danada em vermelho e fazia tempo que queria essa caneca de ágata que consegui graças á um cartão presente que a Motorola me deu e o prato vermelho ao fundo meu xodó

 

E por ultimo o sino dos ventos que fica lá fora na garagem, vocês não tem ideia do quanto ouvir eles tocarem acalma e me deixa feliz, amo demais

 

E é isso, esses são meus objetos favoritos aqui de casa e vocês? o que gostam na sua casa? quais seus objetos favoritos?

Postado por Fernanda Maria

Uma Augusta Diferente

Muitos conhecem, muitos fizeram posts, homenagens, fotos, já é famosa e conhecida e fica aqui na capital Paulista;

A nossa Rua Augusta.

“Entrei na Rua Augusta a 120 por hora Botei a turma toda do passeio pra fora Fiz curva em duas rodas sem usar a buzina Parei a quatro dedos da vitrina
Hay, hay, Johnny Hay, hay, Alfredo Quem é da nossa gang não tem medo Hay, hay, Johnny Hay, hay, Alfredo Quem é da nossa gang não tem medo
Meu carro não tem breque, não tem luz, não tem buzina Tem três carburadores, todos os três envenenados Só pára na subida quando acaba a gasolina Só passa se tiver sinal fechado
Toquei a 130 com destino à cidade No Anhangabaú eu botei mais velocidade Com três pneus carecas derrapando na raia Subi a galeria Prestes Maia Tremendão
Hay, hay, Johnny Hay, hay, Alfredo Quem é da nossa gang não tem medo Hay, hay, Johnny Hay, hay, Alfredo Quem é da nossa gang não tem medo”

A Rua Augusta é famosa desde os anos 60 com a criação de várias galerias, discotecas e bares, costumava ficar cheia de jovens indo as famosas baladas da Augusta mas, ela perdeu um pouco do seu brilho com o tempo com a construção de shoppings em seu entorno e sua popularidade caiu.

Em 1993 no entanto com a abertura do espaço Unibanco de Cinema ela voltou aos poucos a ser badalada e já na década de 2000 a Augusta voltou a ser badalada por jovens tendo vários bares, botecos, galerias,restaurantes e casas noturnas.

Sendo conhecida pela famosa Endossa, um dos maiores pontos de encontro de blogueiras descoladas e tendo vários outros pontos já famosos como o Circus Hair mas vamos falar sobre o outro lado da Augusta que poucos conhecem ou vêem ;

Do outro lado tem mais lojas, mas não só lojas claro,

O Sensorial é um bar que tem discos de vinil maravilhosos, um estilo meio retrô aconchegante, perfeito para ouvir musica boa e encontrar os amigos e até conhecer pessoas novas.

Nem preciso falar o quanto pirei com os vinis que vi, esse do Kiss em especial, desejando loucamente ter uma vitrola agora e vou ter duvidam?

As fotos acima fazem parte de uma exposição chamada Beleza de Betânia fotografada por Camila Manfredi que tirou fotos belissimas do sertão, diferentes e unicas, foi uma grata surpresa encontrar ela lá e você ainda pode comprar essas fotos em vários tamanhos e molduras e pode até ter uma foto como fundo em sua parede.

Detalhe especial para esse piano dentro do Sensorial, fiquei muito feliz em conhecer o local e com certeza voltarei mais vezes.

PS: Quem gosta de cervejas artesanais aproveite, tem de todos tipos e marcas para experimentar.

Na Augusta ainda temos muitas surpresas e curiosidades…

Em cada canto tem uma viela, um beco com casas, atelies todos com seus encantos e belezas, esse da foto na verdade é um pequeno restaurante acredite se quiser mas que estava fechado,esse seria os fundos dele.

Lugares descolados e moderninhos para cortar o cabelo é na Augusta mesmo esse é o Berlin, vale a pena conhecer.

Andando pela Augusta você vê uma especie de viela e passaria despercebida até se não visse uma movimentação por lá e até segurança na porta;

É a Villa San Pietro, tem loja de roupa, tem um Bistrô super charmoso e além disso uma loja de vinhos onde você pode ou comprar uma garrafa ou tomar uma taça de vinho com amigos enquanto joga conversa fora e passa uma bela tarde .

Uma pequena viela sim mas confortavel, que nos chama a ficar ali simplesmente aproveitando o dia.

E tem muito mais por lá, basta olhar mais atentamente ao invés de ir no convencional e vai encontrar uma Augusta encantadora e cheia de coisas a se descobrir.

E você, já conhecia esse lado da Augusta?

Já foi até lá? Me conta.

Postado por Fernanda Maria