Diário de Bordo: Novela Mexicana

utenok_navernulsja_3

Esse é um post diferente.
Hoje digito pela primeira vez de um outro notebook, com dificuldade pois este é mais lento e difícil de usar.
Esse ano tem sido um turbilhão de emoções, de sentimentos, problemas , ao mesmo tempo que coisas boas aconteceram também, sim, teve coisas boas no meio graças a Deus.
Então esses últimos meses tem sido difíceis e complicados;
Ao mesmo tempo que penso estar conseguindo algo é como se desse dez passos para trás ou voltasse todo o jogo(jogo da vida forever) e essas duas ultimas semanas foram as piores do ano.
Meu notebook potente, bom, que paguei barato e que bradei aos quatro cantos do mundo quanto adorava ele e como ele custou barato (na época) do nada decidiu dar defeito.
Ele não ligou mais e tive que levar em uma assistência onde o técnico após analisar disse que não só não conseguiu arrumar a placa mãe( que foi onde deu-se o problema) como ainda tinha problema no processador, justo O processador, da Intel, família ICORE o i5 de 5 geração, esse mesmo deu problema, ou seja, meu notebook atualmente é um peso morto.
Para piorar não tenho emprego, dinheiro muito menos e o único notebook que poderia usar está além de ultrapassado lento quase parando….ele tem digamos uma vaga lembrança mas memória mesmo nada, processador? o dele é AMD Vision, da Samsung;
Digamos que quando um notebook é barato é bom olhar antes seu processador e sistema pois é diminuindo a qualidade desses dois itens que o preço dos aparelhos cai bastante.
Além disso, problemas familiares(sempre né) mas dessa vez o baque foi maior admito, é triste, complicado e difícil de saber lidar ou mesmo ficar calma ou não cair frente a isso.
Então os problemas estão se acumulando;
Em meio a isso tinha criado uma loja da Natura só que pela internet, isso mesmo, vou vender Natura pela internet e ainda se tudo desse certo ainda teria algo mais a mostrar que não quero falar no momento mas seria muito bom para mim.
Nesse momento estou pensando no que fazer, no que da para fazer, quanto sai trocar uma placa mãe e um processador e mais importante, quanto sai.
Quando recebi a noticia eu cai, fiquei mal, só conseguindo pensar “fudeu, fudeu” e junto mais outras noticias.
Pior ainda é ver minha mãe mal, sou do tipo que não consegue ficar bem quando alguém do seu lado está mal e apesar de eu estar mal ver minha mãe pior do que eu me abala mais ainda.
Mas é preciso seguir, é preciso pensar em soluções e acreditar que no fim as coisas vão melhorar e os problemas vão ser para o melhor.
Não sei quando vou poder voltar a postar, espero que logo, muito em breve porque esse blog é o que me mantém em pé, me faz bem, faz bem a minha alma vir aqui escrever, compartilhar um pouco da minha vida com vocês, mostrar minhas paixões e quem sabe ajudar em algo quando tiver oportunidade.
Nisso tudo até voltei a ler, li o livro da Bia e da Rê Vitrola o Criatividade Empatica que, ainda tem algumas unidades a venda e o livro é muito bom então eu aproveitaria viu rssss
Olha o link ai Criatividade Empática
Ainda espero poder postar aqui todas minhas impressões, tudo de bom que rolou no encontro para pegar o meu livro pessoalmente e tudo que vi e gostei do livro maaas, sei que quem ler vai logo ver o quanto é legal e importante esse livro, basicamente, é como se você estivesse batendo um papo com a Bia enquanto a Rê faz suas lindas ilustrações.
É isso, espero voltar logo e, torçam por mim e, comprem Natura da minha lojinha AQUI  .
Beijo grande e até.

Postado por Fernanda Maria

Verdades que ninguém conta

0e4545749_1442929748_blog-in-defense-of-sadness

O mundo enxerga a depressão e tenta a curar e tratar mas ainda não entende ela, não sabe como ela surge e porque, a verdade é que depressão é tristeza pura e simplesmente e o porque varia mas no fundo existe um só motivo;

Falta de amor…
Eu tenho depressão a mais de 17 anos, não me orgulho disso mas é esse o tempo que minha vida está praticamente parada no tempo.
Antes de mais nada é preciso que saibam que depressão não é algo simples ” você perde a fome, cai de cama, chora o tempo todo, quer se matar” não é simples assim …aaa se fosse, quem me dera;
Fico imaginando como seria se nos meus momentos de maior tristeza eu perdesse a fome,ia emagrecer mas é ao contrario, fico triste e ansiosa e dai dano a comer, doce então nem se fala e salgados, nossa da uma vontade insana.
Existem vários tipos de depressão, tem a depressão leve, que dura apenas alguns meses;
Tem a depressão mais séria que te incapacita te faz pensar em morte e pode vir o suicídio e tem a depressão severa que pode durar anos.
Tem a minha, o meu tipo que é considerado o mais grave , não porque possa matar mas porque é difícil de se enxergar, a Distimia;

tumblr_ljrxugQtMG1qixleeo1_500
Nesse tipo de depressão você é capaz de sorrir, se divertir até, sair de casa…
Esses períodos eu chamo de despertar, é como se eu acordasse de um sono profundo, de um sonho ruim de-repente,
Nesses momentos me sinto animada, traço planos, sorrio, brinco, me divirto mas, eles duram pouco, muito pouco e nunca saberei dizer o tempo que duram, sempre varia , as vezes duram minutos, outros horas e quando tenho sorte dias mas eu sempre sei que dura pouco.
A distimia te rouba momentos, pessoas, amores, amigos e até a família, ninguém é capaz de entender essa doença, só quem vive ela, sim, digo vive porque é muito difícil conseguir sair dela justamente porque ela é invisível, nem os médicos acreditam em minha condição.
Todos os dias em que eu acordo eu penso no que vou fazer, eu rezo todos os dias por um pouco de animo, por força apenas para conseguir me mexer porque, e me sinto presa a correntes mais fortes que qualquer coisa.
A família não entende…você tem saúde, pode se mexer, sair, aparentemente se sente bem e capaz então por que? por que não vai atrás de emprego? por que não estuda? por que não se mexe?
Nem eu mesma consigo explicar…é uma agonia sem fim, uma dor profunda de não conseguir ser você mesma, de estar presa numa prisão invisível e não ter ninguém para sequer lhe dar o ombro.
Angustiante é ver a preocupação dos outros, as cobranças e não conseguir fazer nada, se sentir impotente.
O que me fazia feliz vai sumindo com os anos…
Antes, passear no shopping me deixava feliz, comprar algo, comer fora…hoje isso já não me traz qualquer prazer;
Gostava de sair e andar por ai mas hoje é uma tarefa agonizante e irritante.
Ver pessoas se tornou uma tarefa árdua, se por um lado quero ver pessoas e amigos por outro não quero também é uma luta interna.
Aos poucos a distimia vai roubando seu prazer, suas alegrias…comer doces…acho que meu predileto era mousse de chocolate, hoje, não sinto nada.
Hoje eu to aqui, em casa, enrolada no edredon, com fortes dores na coluna sabendo que preciso ir no médico, me tratar, me cuidar mas…não consigo ir, um misto de lembranças dos mais de 6 meses fazendo fisioterapia longe de casa, as dificuldades e a falta de animo me dominam.
Pensar em sair, ir atrás de outro médico que não sei se vai me ajudar, ter que fazer exercícios que odeio fazer, ta ai uma coisa, eu sempre resisto muito a fazer o que não gosto, parece que estão me matando é terrível, não sei aceitar, não sei…mas para melhorar da dor é preciso fazer algo e como não posso pagar por pilates, rpg nem nada do gênero tenho que fazer o que não gosto e, lá entra a resistência de novo.

tumblr_o2c8njwbDm1v3tn7co1_500Sinto falta da pilates, foi um ano bom, gostava de todos que conheci, gostava dos exercícios, de tudo, hoje sinto falta, uma falta tremenda que nunca pensei que iria sentir .
As pessoas acham que tenho dinheiro, que não sou pobre e que se sou é porque não me esforço, não vou atrás, que ta bom assim como tá.
Me dói e me assusta pensar que meus pais não estarão comigo aqui para sempre, me dói pensar o que preciso fazer para ter dignidade porque, se você não tem formação, emprego, você não existe perante a sociedade e as pessoas sempre te olham torto, inevitável.
Por que você não faz exercício?
Por que não sai a procura de emprego?
Por que não se mexe?
Ninguém sabe, ninguém sabe o quanto dói ouvir isso, o quanto dói pensar;
Por vezes nem eu mesma sei dizer porque eu não faço nada por mim mesma, porque não me mexo,
Eu posso andar, posso correr, sou saudável fisicamente então por que?
É como se tivesse uma força maior do que eu me puxando pra baixo, me prendendo…é como se eu estivesse dormindo e não conseguisse me mexer ou sair desse sonho ou pesadelo;
Uma mulher me contou que os pais dela já morreram e que ela vive com a irmã, que a irmã é que sustenta ela hoje e eu, fiquei apavorada,com medo de que isso aconteça comigo, medo de não conseguir me curar ou controlar essa doença…medo de ficar sozinha no mundo, mais sozinha do que já me sinto .
Todos os dias eu acordo, faço o que me mandam fazer, lavo a louça, arrumo as coisas, uso o banheiro, tomo banho e ligo o computador, fico o dia todo nele tentando esquecer de tudo, tentando não pensar em nada, me entorpecendo porque;
Quando eu penso, quando eu penso em como estou, no tempo que passou a dor é insuportável e eu não consigo respirar,dói mais do que posso aguentar e o pensamento de morrer é inevitável .
Quando eu me lembro de tudo, nessa hora parece que um buraco negro me suga para dentro eu simplesmente não consigo pensar, lembrar.
E então eu me entorpeço, me esqueço, me recuso a pensar em qualquer coisa e fico nesse estado entre sono e pesadelo.

tumblr_nmgietqsAu1s661x2o1_500
Já disse certa vez que precisava que alguém me pegasse pela mão e me levasse em um médico porque eu não sou capaz de fazer isso sozinha mas,
As pessoas não entendem,não aceitam e continuo assim…
Amigos, pessoas que gosto vão se afastando aos poucos, todos se cansam porque nada muda então eles se cansam e vão embora simplesmente;
A ajuda é sempre a mesma…faça algo que gosta, faz um curso, estuda, procura um trabalho qualquer só pra se ocupar, tenta.
Elas não sabem que a cada vez que falam isso eu morro, é doloroso porque eu sei que eu tenho que fazer isso mas não tenho como explicar porque eu não consigo, porque não faço, como alguém pode entender algo que nem eu mesma entendo?
Sim, a depressão é um monstro que eu travo uma luta diária, todos os dias e sim, é verdade, as vezes esse monstro da uma folga mas é tão breve que a dor a seguir vem maior, porque você vê o que pode fazer, ser, tem um pequeno gosto da vida e então esse monstro chamado depressão vem e te lembra que você não pode ser feliz, que você não tem o direito de viver.
Procurar médico no SUS, já o fiz, estou na espera a tempos, já fiz terapia com 3 terapeutas que nunca quiseram me curar, só tratar os sintomas ou pior, que eu trabalhasse mesmo estando triste porque com dinheiro algumas coisas ficam melhores ou menos ruins.
Hoje de fato tenho que admitir, com dinheiro as coisas ficariam menos ruins, sim, um emprego, ter dinheiro me faria ter alguma dignidade.
Você te que pegar um ônibus caindo aos pedaços todos os dias, ficar pulando no banco com sua coluna ruim sem poder levar “solavancos” e ver ela piorar, ver as dores aumentarem…ou andar, andar nas ruas cheias de buracos.
Se imagine na seguinte situação:
Você mora com seus pais desde que nasceu, já tem 35 anos, chegou a trabalhar mas a depressão veio antes e você não se formou, não fez curso nada, sempre parou tudo e depende de seus pais para tudo, para comer, para viver, para se locomover;
Não tem dinheiro seu, não pode comprar um shampoo, sabonete, itens básicos que todos deveriam ter direito mas não, são seus pais que compram.
Tenho sorte em te-los comigo, tenho sorte por eles poderem pagar minhas coisas mas, ao contrário do que muitos pensam não é uma situação comoda ou boa.

Chega uma hora que você vira um peso, que você da mais trabalho do que alegria, chega uma hora que eles cansam e cansam porque nossa vida nunca foi fácil, não somos ricos, vivemos em uma situação difícil atualmente onde ter que sustentar um ou mais filho se tornou um problema muito grande.
Sim, preciso de ajuda;
Sim, quem tem depressão pede ajuda todos os dias mas, as pessoas não querem mimimi, elas não querem alguém que reclame todos os dias perto delas, elas não querem alguém triste ao seu lado porque como dizem “Quero ao meu lado só quem me faz bem e me inspira”
Pessoas com depressão não se encaixam nesse quadro bonito…
Raras são as pessoas que entendem e ajudam, pessoas amigas de verdade que ficam com você nos momentos mais escuros.
Quem sabe eu consiga sair dessa sozinha…quem sabe.
A verdade é que não tem como saber como é ter depressão sem viver isso, adoraria que alguém entendesse sério, mas não tem como e essa é a realidade, a única coisa a ser feita é se tratar e quem sabe encontrar em seu caminho anjos dispostos a te apoiar e ficar com você nos piores momentos de sua vida, porque só com amor e carinho somos capazes de suportar a dor e nos curarmos.

 
 

Esse post é parte do BEDA,

Abaixo você encontra os outros blogs que estão participando desse loucura toda:

 
 

Postado por Fernanda Maria

Um lugar especial

13021299984_0c7bf8af1b_k

No meio da cidade agitada em São Paulo-SP tem um bairro cheio de verde, charmoso quase aos pés da Serra ali, do lado do Horto Florestal, um verdadeiro paraíso no meio do tumulto da cidade, um lugar gostoso de se passear e de onde ninguém quer sair ou ir embora.

Tremembé, que em tupi (Tirime’mbé “Tere-membé”) significa alagadiço, é um distrito situado na zona norte da cidade de São Paulo.
O bairro do Tremembé, pertencente ao distrito homônimo, surgiu em 1890.
Nasceu do desmembramento da fazenda da família Vicente de Azevedo em chácaras e glebas médias, no final do século 19. Tudo indica que a sede da fazenda ficava na esquina da Avenida Nova Cantareira com a rua Maria Amália Lopes Azevedo, por isso o nome Fazendinha para a região. Na década de 1910 os filhos de Pedro Vicente de Azevedo e Maria Amália Lopes de Azevedo criaram a Cia Villa Albertina de Terrenos, dando início ao loteamento em moldes urbanos.
Devido a seu relevo e vegetação de pé da serra, que lembravam paisagens europeias, foi muito procurado por portugueses, italianos, alemães e eslavos no começo do século XX. Até recentemente tinha uma expressiva população de alemães. O restaurante Recreio Holandês, da família teuto-holandesa Van Enck, funcionou por 50 anos da Fazendinha, e era uma referência da Zona Norte em toda a cidade
Por um tempo, o bairro permaneceu relativamente isolado, devido ao relevo, e também porque a região norte da cidade foi a última a se desenvolver. Até os anos 1950, o principal acesso ao bairro se dava através da linha de trem, o Tramway da Cantareira, surgida em 1894 para auxiliar na construção dos reservatórios de água da cidade. A estação Tremembé era a penúltima, antes da estação Cantareira. A operação da linha de trem foi encerrada em 1964.

E no coração do bairro tem um pequeno shopping muito charmoso que nos convida a calmaria, a encontrar a paz no meio do tumulto e agito, mais que um lugar de compras, um lugar de lazer, de amizade, família onde há eventos, musica e muita alegria;

IMG_20160815_123636153

Fundado em 1997, O Shopping Boulevard – O Pátio resgata a cultura e história do Tremembé, um bairro com grande influência européia, sobretudo devido a descendência de portugueses, alemães e italianos.

IMG_20160815_122536141

Lá você encontra os amigos, ouve boa musica a noite enquanto come e tem um café charmoso e convidativo onde certa vez quando precisei descansar e recompor as energias sentei em uma das mesas debaixo do sol e a sensação mais perfeita para descrever é paz e calor, além de claro ter produtos lindos, únicos que você não vai encontrar em outro lugar, esse é um lugar que vale a pena conhecer,

IMG_20160815_121330156

IMG_20160815_121404760

IMG_20160815_121707304

IMG_20160815_121824568

IMG_20160815_121929026
Esse é o charmoso café, Le Belle’s Caffé da mesma dona da Doceria “Milinha Doces Finos” que se eu fosse você não deixaria de conhecer.

IMG_20160815_122007633

Venha conhecer o Shooping O Patio se divertir e relaxar um pouco em meio ao tumulto da cidade que não para…

IMG_20160815_122050656

IMG_20160815_122123949
Isso é um barco…linda escultura que enfeita o restaurante.

IMG_20160815_122149514

IMG_20160815_122632439
Arcos olímpicos feitos com pneus.

 

Conheça mais:

https://www.facebook.com/shoppingopatio

http://www.shoppingopatio.com.br

https://www.instagram.com/shoppingopatio/

Dia 21 vai ter um evento lá, a Volta Olímpica com atletas que ganharam medalhas olímpicas, vai ser domingo a partir das 11:00 da manhã e além desse teremos muitos outros eventos, um deles será na Primavera onde vão ser distribuídas no Shopping mudas de plantas e flores, venha conhecer, se encante, se apaixone você também, tenho certeza que não vai querer ir embora.

 
 

Esse post é parte do BEDA,

Abaixo você encontra os outros blogs que estão participando desse loucura toda:

 

Postado por Fernanda Maria