Categoria "Diario"

Um Jardim no meio da cidade

Em 19.01.2017  

Foi no final de 2016 que decidi ir conhecer uma floricultura perto daqui;

O que me chamou a atenção é que parecia uma chácara , tinha muito verde e era linda e então óbvio, quis conhecer e fui com meus pais.

A Floricultura fica na Vila Maria, zona norte de São Paulo e ela é realmente linda, não da vontade de sair de lá e alias, quem entrava ficava um bom tempo por lá viu.

Tem bancos para sentar, atendentes super atenciosos e simpáticos que oferecem aguá e café, verde e flores por todos os cantos mas, se você quer comprar flores lá não é o lugar.

Lá se vendem mudas, mudas de todos os tipo de plantas e flores mas, são mudas então não espere flores só suas folhas ainda jovens e novas;

Tem mudas de morango, amora, hortelã, jasmim, todos os tipos de mudas que quiser e imaginar tem lá e sim, tem suculentas e cactos mas não muitos, porém , os que vi lá são lindos de morrer.

O mais importante:

Lá você encontra profissionais que entendem realmente de plantas e flores e que me ajudaram muito tirando minhas duvidas e agradeço demais, fiquei feliz de verdade por ter encontrado pessoas assim.

Para pegar as mudas eles tem até um suporte feito de papelão mesmo com buracos para você ir pondo suas mudas e acredite, você não vai conseguir levar só uma muda.

Levamos um Alecrim que está florindo já lindo de morrer, hortelã óbviooo , uma suculenta porque to viciada em suculenta e outros.

Mais algumas fotos abaixo do lugar…desculpem, não tirei fotos da estufa.

O bom de morar em casa é poder montar seu jardim mesmo em vasos, ir aprendendo e se alegrando quando eles crescem é uma delicia.

Para quem quiser visitar o lugar o nome é Sabor da Fazenda, eles ainda ministram cursos por lá e a cá o Facebook deles:

https://www.facebook.com/viveirosabordefazenda

E vocês, onde costumam comprar suas plantinhas e suculentas?

Eu ainda estou procurando mais suculentas, ainda não fiquei satisfeita o bastante, próxima parada vai ser o shopping das plantas no Tatuapé, me aguardem.

As fotos foram tiradas com o celular Moto G3 sem filtros.

Postagem Coletiva e Projeto Fotográfico especial Natal

Em 24.12.2016  

Cartão da troca de cartões do grupo Projeto Vai um Café? que recebi da linda Lari Reis

Eu ia fazer um post especial de Natal sobre os ônibus iluminados,era para juntar com dois posts do grupo “Projeto Vai Um Café?” um era o Projeto Fotográfico “Luzes de natal,decoração e etc…” o outro era a Postagem Coletiva de Dezembro e óbvio que um dos temas era “Como é seu Natal ou Um Natal Inesquecível” pois é;
Hoje é dia 24 e nada saiu como o esperado mas acho isso bom se quer saber, porque as vezes o inesperado é melhor do que o que foi organizado e planejado.
Bem,
Esse ano foi tumultuado e cheio de problemas não apenas para mim mas para todos mas teve momentos alegres, boas surpresas e momentos que certamente nunca vou esquecer;
Esse ano eu voltei a ser mais quem eu sou, ainda estou no processo mas sei que agora estou no caminho certo, o de seguir minha intuição e ser quem eu sou seja lá o que isso queira dizer então me assumi para mim e para o mundo como Bruxa porque essa é quem eu sou mas também não deixei de acreditar nas coisas em que acredito ao contrario, acredito ainda mais…
Gosto de ir na igreja perto de casa, ela me traz uma certa paz,
Acredito em anjos mas isso, desde que nasci então né;
Ainda acredito em Jesus e Maria, é fato que eles existiram e acredito que a existência deles foi e é muito especial e importante seja de qual for a religião a que eles pertençam .
Acredito em deuses e deusas mas estranhamente tenho mais facilidade em acreditar em fadas e duendes é mais natural a mim…deuses e deusas acredito e até os invoco e converso mas não gosto de rezar a eles, sei lá, acho que falta de costume…
Já tenho minha vassoura de bruxa e meu pentagrama de prata.
E esse ano conheci pessoas que a muito tempo eu quis conhecer e vou dizer que adoraria te-las comigo sempre mas, elas sempre vão estar comigo no meu coração porque as conhecer e as ter como amigas isso sim é alegria, são pessoas especiais e queridas demais e acho que todo mundo ia as querer como amigas.

As lindas da Renata do blog Mulher Vitrola que finalmente desvirtualizei e conheci e a Erika que não conhecia mas amei demais conhecer.

Eu com a Rê e a Bia Lombardi do Incendeie seu Gênio Criativo que nem sabia que ia conhecer ela e, eu queria, feliz é pouco.

Eu com a linda da Zilah Rodrigues do Toda Coisinha que queria conhecer muito,muito mesmo e a Ju Amorin do Ju Amora que faz os banquinhos mais lindos do mundo.

Teve bons encontros, teve eu emagrecendo mais…teve filme, cinema, teve eu no evento da Motorola e que alegria que foi estar lá, me senti importante óoo
Passeei sozinha e me diverti sim senhor…
Tirei fotos, conheci Monte Verde eeee e assim foi indo o ano.
E com o Natal se aproximando fui eu ver a decoração de Natal do shopping Higienopolis( o shopping que mais gosto) fica lá na Av Angélica mas não fiz isso da forma tradicional não, eu fui andando da estação Paraíso a pé até a Av Angélica no shopping…mas fui de sandália e ganhei bolhas mas valeu a pena.


Depois vieram os ônibus iluminados e já que não fui no comboio tive uma grata surpresa ao chegar no metrô Santana na zona norte de SP ouvi uma musica e lá estavam eles, dois ônibus iluminados grandes com o Papai e a Mamãe Noel e todo mundo tirando foto com eles claro.


E se pensam que acabou não, não acabou…
Fico feliz em dizer que esse grupo lindo do Projeto Vai um Café tivemos trocas de cartões e recebi dois já lindos e mandei vários porque sou dessas, mas 5 dos que mandei voltaram então tive que mandar de novo ufaaa foi uma correria, cartão simples mas foi de coração e com muito carinho.
E amanhã é oficialmente Natal,
O que vamos fazer nele? como comemorar?
Bem, vamos estar com a família, trocar presentes mas também lembrar do que importa, do amor, da alegria, de união, família, não importa onde estejamos, em que parte do mundo cada um esteja, vamos estar juntos sempre na alma e no coração, pois somos todos um, não estamos só, nunca.
Desejo a todos um Feliz Natal e um belo e lindo 2017.

O Pentagrama

Em 14.12.2016  

img_20161213_195123286-2

Esse ano realizei um sonho antigo;

Ter meu Pentagrama de prata já que sou alérgica a níquel e não posso encostar nada com esse metal em meu corpo.

A Aline da loja Aiya realizou esse sonho e só tenho a agradecer por todo carinho e cuidado que ela e como o embrulho veio e fiquei ainda mais encantada.

Tudo começa com o papel de seda lilas que o cobre dai você abre e vê sua encomenda envolta em carinho e cuidado puro;

img_20161213_160204627

Veio junto lindas pedras que já guardei do lado da cama óbvio.

img_20161213_161654918

E ainda veio num saquinho verde junto com duas florzinhas lindas e todo perfumado

img_20161213_162407562

O embrulho todo estava perfumado…

A Aiya é uma loja artesanal eu diria, ela faz seus produtos na mão, tem produtos em prata lindos e muito bem trabalhados e além de receber um produto de qualidade você recebe algo feito com amor.

img_20161213_160231216

E por que o Pentagrama?

Bem, já falei que sou Bruxa né?

Mas ainda não contei como tudo aconteceu então senta que lá vem textão mas esse é dos bons garanto:

Quando eu era criança lá pela primeira série eu desenhava uma estrela, não conseguia parar de a desenhar, algo nela me fascinava e fiquei curiosa com ela…

Com o tempo achei que faltava algo nela e pensei “Aaa, pode ser os elementos da  natureza” então coloquei em sua volta, Fogo, Aguá, Terra e Ar mas na ponta faltava algo e pensei logo “Só pode ser espírito” e pronto;

Mas ainda faltava algo e então desenhei um circulo em sua volta pensando assim que a estaria fechando, protegendo nem sei do que hahaa

E continuei desenhando por muito tempo, cresci e tivemos nosso primeiro computador e fui eu procurar óbvio, pela estrela e achei um site que mostrava a tal estrela igual a como a desenhava e seu nome então tinha sido revelado “Pentagrama” meu fascínio só crescia e um dia vi um filme chamado Jovens Bruxas e prontoo era tudo o que precisava, o filme me fascinou e descobri o mundo das Bruxas(óbvio que sabia que tinha mais fantasia ali do que fatos) mas era o que precisava para entender o que estava acontecendo comigo e porque uma estrela me fascinava tanto.

Fui em bibliotecas li livros e descobri o Tetragrammaton a versão cabalística do Pentagrama e quando o olhei pela primeira vez fiquei como que hipnotizada, parecia estar em transe … dai em diante o Pentagrama se tornou mais que um simbolo, se transformou em algo magico, eu simplesmente sabia que ele era mais que um meio de proteção usado na bruxaria.

fotor_148165769833192

Ao longo dos anos li e conheci  muito sobre o mundo esotérico e místico e a cada dia ficava mais fascinada mas eu tentei fugir quando percebi, quando meu caminho estava indo de encontro as Bruxas…pensei “Não sou Bruxa, posso ir por outro caminho”, me refugiei no catolicismo, depois no espiritismo e mais tarde na Fraternidade Branca( me julguem) mas a Wicca, as Bruxas era algo que sempre me chamava, era familiar, conhecido, doce como uma lembrança…

Cheguei a entrar em um grupo Wicca mas ao ir num encontro não gostei daquele mundo que vi, do fato de as Wiccas nem falarem umas com as outras sabe, foi apenas um ritual vazio sem sentimento nem nada e falei “Não é pra mim, não gosto de me fantasiar ou ficar cultuando deuses, fazer rituais e tal” e me afastei.

Fiquei mal, fiquei fraca, andei em períodos sombrios e estranhos onde entrei em grupos de seres extraterrestres que seriam mestres de luz  me iludi, acreditei no que lia, vi e senti coisas achando ser reais mas  vi que tudo aquilo era uma ilusão apenas e fiquei deprimida, triste,foi quando perdi minha fé, perdi totalmente a fé e foi difícil e complicado, buscava por respostas, vivia angustiada.

Mas aos poucos fui me reconstruindo, voltando a ser eu mesma, recuperando minha fé de pouco em pouco, devagar e novamente me voltei a bruxaria e percebi que, não tinha como fugir, 

Ser bruxa não era uma escolha, eu nasci assim, eu sou bruxa desde antes de nascer, é o que eu sou, minha essência, minha alma e sei que o fui também em outras vidas Bruxa.

Mas como assim Fernanda?

Você pode escolher qualquer outra religião que queira…

Sim mas ser Bruxa não é religião na verdade é o que você é, sua essência, é amar a natureza, ver e sentir ela como outros não podem hoje, é ver mais do que os olhos comuns conseguem ver, sentir algo poderoso além do que se pode descrever, ser Bruxa é amar a vida de uma forma linda, sentir e saber que o amor é muito maior do que podemos saber e descrever hoje,é saber dentro da sua alma que a magia existe mas que ela é maior do que crenças, folclores, é saber que a magia está em tudo e em todos, em cada suspiro, em cada fechar e abrir de olhos, ser Bruxa enfim é sentir.

Mas então como fica?

Eu acredito e respeito todas as religiões e acredito que no final, todas são uma só, todas acreditam na mesma coisa, que existe uma força maior do que nós que criou o universo e que está a nossa volta.

Hoje ser bruxa, me identificar como tal me torna mais forte, com mais fé e me ajuda a acreditar em mim mesma.

Ser eu mesma, ser Bruxa…o Pentagrama é isso, um símbolo, uma proteção, uma lembrança de outras vidas quem sabe, algo que carrego como uma marca, como uma porta, para o que eu ainda não sei.

O Pentagrama é um símbolo mas é mais do que isso, muito mais, ele é mais que um objeto, mais que algo material, ele me lembra de quem eu sou sempre e de continuar sendo eu mesma apesar de tudo, apesar dos outros e acreditar que mesmo nos piores dias tudo vai dar certo no fim.

img_20161213_195109618

Obrigada Aline por criar essa peça para mim e pela paciência e compreensão.

E que 2017 seja um ano especial para todos nós.

Página 2 de 20123456... 20Próximo